Confiança do comércio cai 1,0% em julho

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da FGV apresentou nova variação negativa em julho, de -1,0% na comparação mensal dos dados dessazonalizados. Esta é a terceira queda consecutiva do indicador. Mantida a base de comparação, o resultado do Índice da Situação Atual apresentou melhora com alta de 6,3%. Para o Índice de Expectativas houve recuo de 4,6%. Desta forma, o ICOM manteve-se abaixo da média histórica (122,5 pontos), registrando 89,8 pontos.

Na série original, sem ajustes, foi observada queda de 24,0% na comparação interanual. Mantida a base de comparação, o Índice da situação atual caiu 27,6% e o índice de expectativas recuou 22,1%.

A nova retração reflete a percepção dos comerciantes quanto o atual cenário macroeconômico. Fatores como a piora do mercado de trabalho, alta inflação e redução da demanda por crédito prejudicam as vendas do varejo e uma melhora significativa será observada apenas quando forem concluídos os ajustes em curso.

O gráfico abaixo resume a evolução da confiança do comércio sem ajuste sazonal desde maio de 2011.

icom

Posts relacionados

Volume de serviços recua 1,0% em agosto e 4,5% no acumulado 12 meses

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE, o volume de serviços apresentou queda de 1,0% em agosto contra o mês anterior (dados dessazonalizados). A categoria de serviços prestados às famílias foi a única a apresentar queda (-4,8%), bastante atípica para o mês considerando o histórico da série. Os demais grupos apresentaram crescimento: Serviços…

Número de novas empresas sobe 5,1% no 3º trimestre

No 3º trimestre de 2017 o número de novas empresas cresceu 5,1% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Desta forma, os valores acumulados no ano (janeiro a setembro), quando comparados ao mesmo período do ano anterior, mantiveram-se positivos, passando de um…

Vendas para o dia das crianças sobem 2,7% em 2017

Dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) mostram que em 2017 as vendas do comércio para o dia das crianças aumentaram 2,7% quando comparadas aos resultados de 2016. Dessa forma, o indicador para data comemorativa tornou a subir após 2 anos consecutivos de queda, quando variou -4,2% em 2016 e -3,4%…