Confiança do Comércio recua em abril, mas expectativa futura melhora

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o Índice de Confiança do Comércio (ICOM) recuou 0,5 ponto em abril, atingindo 66,6 pontos, o terceiro menor valor da série, iniciada em março de 2010, uma queda de 0,7% em relação a março.

O índice da Situação Atual (ISA) caiu 4,0%, enquanto o de Expectativas (IE) aumentou 2,0%. Na comparação interanual dos dados sem ajuste sazonal, o índice geral apresentou retração de 4,7%, sendo que o ISA caiu 10,5% e o IE aumentou 2,4%.

O resultado de abril foi determinado pela piora da avaliação da situação atual, o setor vê um cenário ruim, com demanda desfavorável, escassez do crédito e confiança do consumidor no mínimo histórico. Para os próximos meses o pessimismo vem diminuindo, já que o Indicador de Expectativas registrou alta em abril, o principal componente responsável para esse resultado positivo foi a evolução no grau de otimismo quanto a situação dos negócios em um horizonte de 6 meses.

O gráfico abaixo compreende a evolução do ICOM ao longo dos últimos anos, com dados ajustados sazonalmente:Sem título

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 0,9% em 2016

A inadimplência do consumidor obteve queda de 0,9% em 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Na avaliação mensal, descontados efeitos sazonais, houve retração de 7,6% do indicador quando comparado o resultado de dezembro contra novembro. Já na avaliação contra o mesmo mês do ano anterior, dezembro caiu 5,7%.   Regionalmente, na…

Títulos protestados encerram o ano com alta de 22,9%, segundo Boa Vista SCPC

De acordo com os dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o número total de títulos protestados no país aumentou 22,9% no acumulado de 2016 em relação ao ano anterior. Na comparação interanual, os títulos protestados cresceram 6,0% e aumentaram 11,8% em relação ao mês anterior. O valor médio dos títulos…

Pedidos de falência encerram o ano com alta de 12,2%, segundo Boa Vista SCPC

Segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), os pedidos de falência encerraram o ano com alta de 12,2% no acumulado de 2016 em relação ao mesmo período de 2015. Em dezembro, o número de pedidos de falências recuou 7,0% na comparação mensal com novembro e aumentou 19,2%…