Confiança do Consumidor cai em abril

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) recuou 2,7 pontos em abril, atingindo 64,4 pontos, o menor valor desde o início da série histórica.

Na comparação mensal com dados dessazonalizados, a queda foi de 4,0%. Ainda na análise mensal dos dados com ajuste sazonal, tanto o Índice da Situação Atual como o de Expectativas recuaram, as variações foram de -2,4% e -4,6%, respectivamente. Na comparação interanual dos dados sem ajuste sazonal, o índice geral apresentou retração de 13,4%.

O nível de confiança do consumidor reflete o descontentamento com a atual situação econômica, principalmente devido ao aumento do nível de desemprego e à elevada inflação, influenciando as expectativas dos agentes. Apesar da relativa estabilidade nos últimos meses, o resultado continua distante da média histórica, e uma reversão do indicador só poderá acontecer quando o cenário apresentar menos incertezas político-econômicas.

O gráfico abaixo compreende a evolução do ICC ao longo dos últimos anos, com dados ajustados sazonalmente:

Sem título

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,79% em agosto

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 1,79% em agosto, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,34 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente a julho (quando o nível foi de 1,90%),…

Para 46% dos consumidores, o Cadastro Positivo tem como principal benefício auxiliar na obtenção de crédito e contratação de financiamentos

Em pesquisa inédita com consumidores de todo o Brasil, a Boa Vista SCPC identificou que para 46% dos entrevistados, o Cadastro Positivo tem como principal objetivo auxiliar na obtenção de crédito e na contratação de financiamentos. Outros 26% acreditam que o banco de dados com informações positivas sobre consumidores classifica de forma mais assertiva e…

Movimento do Comércio sobe 2,2% em agosto

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 2,2% em agosto quando comparado a julho na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (setembro de 2016…