Confiança do Consumidor tem nova queda em julho

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) em julho caiu novamente, com variação de -2,3% na comparação mensal dos dados dessazonalizados. Com 82,0 pontos, o resultado do mês foi 1,9 p.p. mais baixo do que o registrado em junho, mantendo-se abaixo da média histórica, que é de 110,0 pontos.

O Índice da Situação Atual acelerou a queda, atingindo -5,2% e o Índice de Expectativas obteve retração de 2,4%. Já na comparação interanual, dos dados sem ajuste sazonal, o índice da situação atual foi 36,8% menor e o índice de expectativas recuou 14,8%. Tais variações implicaram numa queda de 23,1% no índice geral.

O atual nível de confiança do consumidor encontra-se em uma situação desgastada e distante da média histórica, o que é justificado por fatores como o orçamento cada vez mais apertado do consumidor, dadas a alta inflação e as pioras no mercado de trabalho. O descolamento da curva tem persistido há mais de um ano e uma reversão sustentável do indicador, a ser consolidada paulatinamente, poderá ser observada apenas em meados do próximo ano. Desta forma esperamos que o nível de confiança do consumidor continue baixo para os próximos meses.

O gráfico abaixo compreende a evolução do ICC ao longo dos últimos anos, com dados ajustados sazonalmente:

icc

Posts relacionados

Boa Vista SCPC internaliza equipe de relacionamento com a imprensa

A Boa Vista SCPC acaba de adotar um novo modelo de Relacionamento com a Imprensa. Esse trabalho, antes realizado pela agência Tamer Comunicação Empresarial, passa a ser internalizado e desempenhado pela equipe de Comunicação e Imprensa. A área está sob a gestão de Leandro Jordão, responsável também pelas ações de Relações Públicas da empresa, e…

Percentual de cheques devolvidos atingiu 2,07% em janeiro, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,07% em janeiro de 2017, registrando diminuição em relação a janeiro de 2016, quando alcançou 2,35%. O percentual de cheques devolvidos sobre movimentados também recuou na comparação mensal, (em dezembro o nível foi de 2,20%), sendo…

Inadimplência do consumidor sobe 3,9% em janeiro, diz Boa Vista SCPC

A inadimplência do consumidor obteve alta de 3,9% em janeiro na avaliação dessazonalizada contra dezembro, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Na avaliação acumulada em 12 meses (fevereiro de 2016 até janeiro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 1,9%. Já quando comparado o resultado de janeiro contra o mesmo…