Em abril Produção industrial cai pela 3º vez no ano

Segundo o IBGE, a produção industrial caiu pela terceira vez no ano com variação de -1,2% em abril, na comparação contra o mês anterior dos dados dessazonalizados. Quanto à variação contra o mesmo mês do ano passado a queda atingiu 7,6%, considerando dados sem ajuste sazonal. Na variação acumulada em 12 meses, que possibilita uma visão de longo prazo, houve aceleração de 0,1 p.p. da tendência de queda observada desde junho de 2014, atingindo em abril -4,8%.

Retornando à análise mensal dessazonalizada, na análise das grandes categorias econômicas, as Indústrias de Transformação caíram 1,3%, enquanto as Indústrias extrativas apresentaram alta de 1,5%. Mantida a base de comparação, todas as categorias de uso tiveram queda pelo terceiro mês consecutivo, sendo a mais acentuada no setor de Bens de Capital, que variou -5,1%, seguida por Bens de Consumo Semi e Não Duráveis (-2,2%) e Bens de Consumo (-1,9%). Na tendência de longo prazo, as perdas são ainda mais dramáticas: -14,5% para Bens de Capital, -5,4% para Bens de Consumo e -3,0% para os Bens Intermediários.

Em linhas gerais, a indústria ainda mostra-se bastante longe de retomar aumentos na produção. Os ajustes fiscais em curso na economia bem como o aperto monetário promovido pelo Banco Central certamente manterão o cenário turbulento para a indústria neste ano. O desaquecimento do mercado de trabalho também dificultará maiores empreitadas na indústria. Assim, o resultado de 2015 deverá ainda permanecer em patamar negativo, com provável queda de 3,0%.

pim

Posts relacionados

Boa Vista SCPC reúne especialistas para debater avanços e benefícios econômicos do Cadastro Positivo

A Boa Vista SCPC recebeu autoridades como Oscar Madeddu, do Banco Mundial, João André Pereira, do Banco Central do Brasil e César Calomino, da Equifax do Uruguai, para falar sobre o Cadastro Positivo e os seus impactos econômicos e sociais, inclusive em países em desenvolvimento onde já é uma realidade. Estes convidados também salientaram a…

Recuperação de crédito cai 2,3% no acumulado 12 meses

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 2,3% na variação acumulada em 12 meses (setembro de 2016 até agosto de 2017). A variação mensal com dados dessazonalizados apresentou aumento de 4,5% contra o mês…

Relatório de Crédito – jul/17

O Banco Central do Brasil (BCB) divulgou os dados de crédito referente a julho. A expansão das operações de crédito, até o momento, continua em ritmo moderado. O crescimento do saldo veio levemente abaixo do esperado, com redução na variação anual (caiu 1,6% em junho/17 contra diminuição de 1,7% em jul/17), atingindo R$ 3,1 trilhões,…