Recuperação de crédito cresce 3,5% em 2013, aponta Boa Vista Serviços

Em setembro, receita nominal de serviços acumula alta de 7,1% em 12 meses

Por Yan Cattani, economista da Área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC  

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços realizada pelo IBGE, em setembro a receita nominal no setor de serviços foi 7,1% maior na comparação do resultado acumulado em 12 meses (out/13 até set14) contra os 12 meses anteriores. Em termos reais, contudo, isto corresponderia a uma queda de 1,4% na receita, uma vez que a inflação no período foi de 8,62%.

Já na análise interanual (contra setembro de 2013), houve elevação de 6,4%, enquanto no resultado acumulado no ano, o valor atinge alta de 6,3% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Em termos setoriais, a tendência de longo prazo para os principais grupos apresentaram a seguinte configuração: Serviços prestados às famílias (10,3%, desacelerando 0,1 p.p. quando comparado a agosto); Serviços de informação e comunicação (passou de 4,8% registrado em agosto para 4,4% aferido em setembro); Serviços profissionais, administrativos e complementares (subiu 0,1 p.p frente ao mês anterior, atingindo 8,0% atualmente); Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (passou de 8,5% em agosto para 8,0% nesta aferição); Outros serviços (subiu para 7,2%, ante 7,0% registrados em agosto).

A economia tem apresentado resultado de desaceleração/queda generalizada no setor produtivo. Tal fato é nitidamente visível principalmente quando comparada em termos reais. A inflação vivenciada especificamente pelo setor também contribui para um maior aperto das margens de lucro, dificultando uma retomada com maior vigor no horizonte de curto prazo. Tendo em vista este cenário, esperamos que esta tendência se perpetue por pelo menos seis meses, uma vez que os efeitos de política monetária também prejudicam o desempenho setorial e da economia como um todo. Assim, esperamos queda real de 2% dos serviços até o final do ano e de leve crescimento para PIB no ano (+0,3%).

pms set14

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: inadimplência do consumidor paulistano caiu 4,3% no 1º trimestre

A inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo teve queda de 4,3% no acumulado do ano (1º trimestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados da Boa Vista SCPC. Na comparação interanual (março-17 contra março-16), a inadimplência retraiu 8,4%. Contra o mês anterior (março-17 contra fevereiro-17) houve…

Demanda por Crédito do Consumidor cai 4,0% no 1º trimestre, segundo Boa Vista SCPC

Dados nacionais da Boa Vista SCPC apontam que a Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% no 1º trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (abril de 2016 até março de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,3%,…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,29% em março, segundo Boa Vista SCPC

No mesmo mês do ano anterior, o percentual foi de 2,59% 20 de abril 2017 – O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,29% em março, registrando diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,59%. O que representa menos cheques…