IBC-BR: atividade econômica encolhe no 2T de 2015

Segundo o Banco Central, o principal indicador antecedente da atividade econômica, o IBC-BR, apresentou queda de 1,89% em junho na comparação contra o trimestre encerrado em março, na análise dos dados com ajuste sazonal. No acumulado do 1º semestre houve queda de 2,49% na comparação contra o mesmo período de 2014, na avaliação dos dados sem ajuste.

Também houve recuo, de 1,61%, no acumulado em 12 meses (julho de 2014 até junho deste ano) frente aos 12 meses antecedentes. Na análise mensal dos dados com ajuste sazonal, o indicador apontou queda de 0,58% frente a maio, refletindo os dados consolidados da Pesquisa Mensal do Comércio e da Pesquisa Industrial Mensal (que em junho apontaram retrações de 0,4% e 0,3%, respectivamente).

Os dados do indicador antecedem uma recessão técnica da atividade econômica, que deverá se consolidar na divulgação das Contas Nacionais referentes ao segundo trimestre do ano.

Levando em consideração as expectativas de mercado, o boletim Focus do BC desta segunda-feira (17/08) já contempla uma retração de 2,0% da atividade econômica para 2015, enquanto que para o próximo ano, o valor esperado economia também sofreu revisão para baixo, -0,5%, atingindo patamar negativo pela primeira vez no ano.

ibcbr

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 0,9% em 2016

A inadimplência do consumidor obteve queda de 0,9% em 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Na avaliação mensal, descontados efeitos sazonais, houve retração de 7,6% do indicador quando comparado o resultado de dezembro contra novembro. Já na avaliação contra o mesmo mês do ano anterior, dezembro caiu 5,7%.   Regionalmente, na…

Títulos protestados encerram o ano com alta de 22,9%, segundo Boa Vista SCPC

De acordo com os dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o número total de títulos protestados no país aumentou 22,9% no acumulado de 2016 em relação ao ano anterior. Na comparação interanual, os títulos protestados cresceram 6,0% e aumentaram 11,8% em relação ao mês anterior. O valor médio dos títulos…

Pedidos de falência encerram o ano com alta de 12,2%, segundo Boa Vista SCPC

Segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), os pedidos de falência encerraram o ano com alta de 12,2% no acumulado de 2016 em relação ao mesmo período de 2015. Em dezembro, o número de pedidos de falências recuou 7,0% na comparação mensal com novembro e aumentou 19,2%…