IBC-BR: Índice de atividade do Banco Central cai 0,1% em março

Por Rafael Ciampone e Yan Cattani, da Área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC

 

Segundo o Banco Central, o principal indicador coincidente da atividade econômica, o IBC-BR, registrou leve queda de 0,1% em março, na comparação mensal dos dados dessazonalizados. A variação mensal ficou abaixo das projeções do mercado, que esperavam estabilidade.

No acumulado em 12 meses, o indicador registrou leve desaceleração, passando de 2,6% em fevereiro para 2,5% em março.

O resultado ocorre após a divulgação da Produção Industrial Mensal (de acordo com a nova metodologia, apontou queda de 0,5% na comparação mensal dos dados ajustados sazonalmente) e da Pesquisa Mensal do Comércio (que indicou queda de 0,5% nas vendas do varejo restrito, mantida a base de comparação). Tendo em vista os resultados obtidos no primeiro trimestre de 2014, com recuperação da indústria em um ritmo mais fraco que o esperado, setor agrícola com crescimento mais modesto (crescendo algo entre 2 e 3% este ano, frete a um crescimento de 7,0% em 2013) e comércio desacelerando, esperamos que o PIB obtenha um tímido aumento: apenas 1,6% ao final do ano.

a

Posts relacionados

Demanda por Crédito do Consumidor cai 0,7% no 1º semestre, segundo Boa Vista SCPC

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 0,7% no 1º semestre de 2017, em comparação ao 1º semestre de 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, junho apresentou estabilidade nos dados, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (julho de 2016 até junho…

Movimento do Comércio cai 3,2% no 1º semestre, diz Boa Vista SCPC

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, caiu 3,2% no acumulado no ano (1º semestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12…

47% dos consumidores inadimplentes estão muito endividados, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

O nível de endividamento elevado (muito endividado) atinge 47% dos consumidores inadimplentes, ou seja, que estão com o “nome sujo”, de acordo com a pesquisa nacional Perfil do Consumidor Inadimplente, realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com cerca de 1.500 respondentes. Em seguida, 26% se dizem mais ou menos endividados,…