Nota de Política Monetária do BC: inadimplência de recursos livres das famílias mantém-se estável em 6,2% em março

Segundo o Banco Central, a inadimplência do Sistema Financeiro Nacional referente aos recursos livres destinados às famílias estabilizou-se em 6,2% em março. A estabilidade da inadimplência se mantém desde dezembro de 2015.

Em linhas gerais, os índices de inadimplência apresentaram estabilidade aos resultados de fevereiro: a inadimplência total se manteve em 3,5%, sendo 5,6% para os recursos livres e 1,5% no segmento direcionado.

Com relação ao estoque total de empréstimos e financiamentos, houve um aumento de 3,3% em doze meses. Na variação contra o mês anterior houve queda de 0,7%. A variação mensal reflete o declínio no crédito a pessoas jurídicas, já que para pessoas físicas a variação foi positiva (0,3%).

Ouve desaceleração no crescimento do crédito com recursos livres e direcionados na variação mensal, com quedas de 0,6% e 0,7% respectivamente. Apesar do ritmo de desaceleração, na variação acumulada em 12 meses os resultados foram de expansão, sendo 0,9% com recursos livres e 5,8% direcionados.

A taxa média de juros com recursos livres total subiu novamente, atingindo 50,9% a.a. em março, maior patamar da série histórica, iniciada em 2011. Os juros de recursos livres ao consumidor subiram 1,3 p.p. no mês, atingindo os atuais 69,2 % a.a. Já os spreads aumentaram 1,5 p.p. ante o resultado registrado no mês anterior, atingindo 37,3%. Para as empresas, as taxas livres recuaram 0,9 p.p.

Abaixo seguem os quadros-resumo sobre os dados citados.

Sem títuloSem título

Posts relacionados

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…

Movimento do Comércio sobe 2,7% em maio, diz Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) apontam que o Movimento do Comércio subiu 2,7% em maio, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 3,0%…