PMC: No acumulado em 12 meses, comércio registra alta de 5,0% em fevereiro

Na comparação mensal foi observada elevação de 0,2%

São Paulo, 15 de abril de 2014Segundo o IBGE, no acumulado em 12 meses, o volume de vendas no varejo restrito registrou alta de 5,0% em fevereiro de 2014 ante 4,3% no mês anterior. O Indicador de Movimento do Comércio da Boa Vista já havia apontado que em fevereiro haveria uma aceleração no crescimento do varejo, ao registrar uma alta de 2,8% ante 2,0% em janeiro.

Na série com ajuste sazonal, a variação mensal foi de 0,2%. Enquanto na comparação interanual, a alta foi de 8,5%.

Avaliando as aberturas do indicador restrito na série dessazonalizada, somente as categorias de Livros, jornais, revistas e papelaria; Tecidos, vestuário e calçados; e Hipermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumos obtiveram um desemprenho negativo no mês, com quedas de 3,4%, 0,5% e 0,3%, respectivamente. Mantida a base de comparação, o comércio ampliado mostrou movimento de queda (-1,6%), influenciado pelo recuo dos veículos e motos, parte e peças (-7,6%), já que Material de Construção cresceu 2,2%. Segue abaixo a tabela contendo as demais comparações e categorias.

 

Atividades

Fev14/Jan2014*

Fev14/Fev13

12 meses

Varejo ampliado**

-1,6%

8,5%

3,9%

Varejo restrito

0,2%

8,5%

5,0%

Combustíveis e lubrificantes

1,6%

13,5%

7,3%

Hipermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo

-0,3%

5,1%

2,6%

Tecidos, vestuário e calçados

-0,5%

7,5%

3,7%

Móveis e eletrodomésticos

0,0%

10,4%

5,8%

Art. farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria

0,0%

15,3%

11,1%

Materiais para escritório, informática e comunicação

9,0%

7,1%

6,1%

Livros, jornais, revistas e papelaria

-3,4%

-4,3%

0,8%

Outros artigos de uso pessoal e doméstico

0,5%

17,2%

10,9%

Veículos e motos, partes e peças

-7,6%

5,9%

1,2%

Material de construção

2,2%

16,5%

7,3%

* Dados com ajuste sazonal
** Inclui Veículos e motos, partes e peças e Material de Construção

Para acessar o release em PDF, clique aqui

Posts relacionados

Dívida com cartão de crédito e boleto levam paulistano a mutirão de renegociação de dívidas

A maioria (60%) dos consumidores que compareceu ao mutirão “Acertando suas Contas”, da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), na cidade de São Paulo, com a intenção de negociar suas dúvidas, buscou a renegociação do débito causado pelo cartão de crédito. A constatação é de levantamento realizado no próprio local pela Boa…

MUTIRÃO ACERTANDO SUAS CONTAS

AVISO DE PAUTA A Boa Vista SCPC inicia na próxima sexta-feira, dia 25 de novembro, mais uma edição do seu já tradicional mutirão de renegociações de dívidas aqui na capital paulista. Até 3 de dezembro, ininterruptamente, o mutirão “Acertando suas Contas” permitirá que consumidores que estão com contas em atraso encontrem em um ambiente mais…

Percentual de cheques devolvidos sobre movimentados atinge 2,30% no acumulado do ano, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,30% no acumulado de janeiro a outubro, registrando o pior resultado da série histórica, iniciada em 2006. No acumulado do ano, os cheques devolvidos recuaram 7,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Tanto os…