PNAD: Taxa de desemprego bate 8,0% no trimestre móvel

De acordo com o IBGE, a taxa de desemprego no trimestre móvel encerrado em abril subiu para 8,0%, registrando aumento de 1,2 p.p. em relação ao trimestre imediatamente anterior (encerrado em janeiro). Na comparação contra o mesmo trimestre encerrado em abril de 2014, a taxa de desocupação era de 7,1%.

O rendimento habitual real no trabalho principal do trimestre móvel (fevereiro, março e abril) registrou R$1.855, valor 0,5% menor que o registrado no trimestre anterior (novembro, dezembro e janeiro). Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, houve queda de 0,4%.

O mercado de trabalho deteriorou-se consideravelmente nos últimos 4 meses. A elevação do desemprego se torna preocupante, mas condizente com retração do PIB registrado no primeiro trimestre do ano. Os rendimentos já começam a cair, movimento que deverá se intensificar juntamente com a queda da atividade econômica, sobretudo no setor industrial e de serviços.

pnad

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: inadimplência do consumidor paulistano caiu 4,3% no 1º trimestre

A inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo teve queda de 4,3% no acumulado do ano (1º trimestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados da Boa Vista SCPC. Na comparação interanual (março-17 contra março-16), a inadimplência retraiu 8,4%. Contra o mês anterior (março-17 contra fevereiro-17) houve…

Demanda por Crédito do Consumidor cai 4,0% no 1º trimestre, segundo Boa Vista SCPC

Dados nacionais da Boa Vista SCPC apontam que a Demanda por Crédito do Consumidor caiu 4,0% no 1º trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (abril de 2016 até março de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração de 9,3%,…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,29% em março, segundo Boa Vista SCPC

No mesmo mês do ano anterior, o percentual foi de 2,59% 20 de abril 2017 – O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,29% em março, registrando diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,59%. O que representa menos cheques…