Produção Industrial sobe 0,4% em janeiro, mas acumula queda de 9,0% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE mostram que a Produção Industrial subiu 0,4% em janeiro, descontados os efeitos sazonais. Apesar da elevação marginal, nos valores acumulados em 12 meses, a queda foi aprofundada, atingindo 9% (aumento de 0,7 p.p. ante a aferição de dezembro). Na comparação de janeiro contra o mesmo mês de 2015 houve recuo de 13,8%.

Na avaliação do acumulada em 12 meses, entre as grandes categorias econômicas, as Indústrias de Transformação apresentaram queda de 10,4%, enquanto as Indústrias Extrativas obtiveram alta de 1,3%.

Mantida a base de comparação, considerando a análise por Categorias de Uso, as perdas permaneceram bastante acentuadas: -27,0% para Bens de Capital, -9,9% para Bens de Consumo e -6,0% para Bens Intermediários. Na análise mensal com dados ajustados sazonalmente, o setor de Bens de Consumo Semi e Não-duráveis obteve elevação de 0,3%. No entanto, a queda na margem do setor de Bens de Consumo Duráveis foi mais intensa, de 2,4%, trazendo a categoria de Bens de Consumo (total) para território negativo (-0,9%).

Com o atual patamar de juros, ajustes do mercado de trabalho, inflação elevada, mas principalmente com a queda do consumo das famílias, a demanda das empresas tem sido gradualmente reduzida, prejudicando a receita dos fornecedores industriais. Enquanto a confiança econômica manter-se em níveis historicamente negativos, a retomada de produção na indústria encontra-se distante de ser concretizada. Tendo em vista estas influências, esperamos que a indústria encerre 2016 ainda em nível negativo.

Sem título

Posts relacionados

MUTIRÃO ACERTANDO SUAS CONTAS

AVISO DE PAUTA A Boa Vista SCPC inicia na próxima sexta-feira, dia 25 de novembro, mais uma edição do seu já tradicional mutirão de renegociações de dívidas aqui na capital paulista. Até 3 de dezembro, ininterruptamente, o mutirão “Acertando suas Contas” permitirá que consumidores que estão com contas em atraso encontrem em um ambiente mais…

Percentual de cheques devolvidos sobre movimentados atinge 2,30% no acumulado do ano, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,30% no acumulado de janeiro a outubro, registrando o pior resultado da série histórica, iniciada em 2006. No acumulado do ano, os cheques devolvidos recuaram 7,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Tanto os…

Consumidor ganha nove dias para renegociar dívidas em mutirão que começa na próxima semana

Os consumidores que pretendem renegociar suas dívidas neste fim de ano terão várias facilidades no mutirão da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), que acontece a partir do próximo dia 25 de novembro no centro de São Paulo. A edição 2016 do “Acertando suas Contas”, maior ação de sustentabilidade de crédito do…