Produção cresce 0,7% em agosto

Por Yan Cattani, economista da Área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC  

 Segundo o IBGE, a produção industrial teve alta de 0,7% em agosto, na comparação mensal dos dados dessazonalizados. O resultado ficou acima da média prevista pelo mercado, que apontava alta de 0,1%, na mesma base de comparação.

A configuração geral pela avaliação por categorias de uso ficou da seguinte maneira: Bens de Consumo -0,8%, Bens intermediários 1,1% e Bens de capital 0,0%.

Nos resultados acumulados em 12 meses a queda foi intensificada: passando de -1,2% em julho para -1,7% nesta última aferição. A abertura de Bens de Capital obteve aceleração da queda, passando de -0,3% para -2,4%; Bens intermediários passou de -1,8% em julho para atuais -2,0%; Bens de consumo caiu de -0,7% para -1,4%.

No semestre, este foi o segundo resultado de alta consecutivo na margem para a PIM. Ainda assim, a magnitude não deverá ser suficiente para elevar consideravelmente as expectativas de crescimento no ano para o setor: de acordo com o relatório Focus do Banco Central, a queda da produção já é esperada em -1,95% no ano. Neste sentido, acreditamos que a indústria dificilmente apresentará resultados díspares do relatório do BC, mantendo portanto nossa expectativa de queda para o setor em -2,0%.

pim ago14

Posts relacionados

CAGED: Setembro registra sexto saldo positivo consecutivo

Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho, em setembro o saldo de vagas no mercado de trabalho (diferença entre novas contratações e demissões) foi positivo em 34,4 mil postos. Deste modo, a leitura atual contrasta quando comparado ao mesmo período do ano anterior, quando foram encerradas 39,3…

Movimento do Comércio sobe 1,5% em setembro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 1,5% em setembro quando comparado a agosto na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC. Na avaliação acumulada em 12 meses (outubro de 2016 até setembro de 2017 frente ao…

IBC-BR recua 0,38% em agosto e 1,0% no acumulado 12 meses

18 de outubro 2017 – Segundo o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR[1]) recuou 0,38% na comparação mensal contra o mês de julho (dados dessazonalizados). Considerando a variação acumulada em 12 meses, o ritmo de queda segue diminuindo: a leitura de agosto apresentou um recuo de 1,0% (após registrar queda de 1,4%…