Pirro revisitado

Por Yan Cattani Há cerca de 23 anos, deflagrou-se a primeira etapa do Plano Real, um dos principais responsáveis pelo período de estabilidade econômica e futura bonança em termos de consumo para os brasileiros. Denominado PAI, Plano de Ação Imediata, suas ações consistiam em uma série de ajustes de cunho fiscal, mas notavelmente em ações…

Calcanhar de Aquiles

Por Bruna Martins/Flávio Calife O comércio não anda bem há algum tempo e, a cada nova notícia, o sentimento que prevalece é de nostalgia dos anos áureos. Segundo o IBGE, em abril as vendas no varejo recuaram 6,1% no acumulado em 12 meses, e a queda é ainda mais intensa quando considerados apenas os meses…

Efeitos Colaterais

Por Yan Cattani A realidade vivenciada pelos ofertantes de crédito tem sido cada vez mais complexa. 2016 será um novo ano de crescimento real negativo do saldo de crédito, um pouco por causa dos efeitos de desaceleração dos recursos direcionados (mais focados em investimentos, habitação e fomento de algumas atividades setoriais como agricultura, por exemplo),…

Juros estáveis?

Por Yan Cattani Ontem, na última reunião do COPOM liderada pelo presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, foi decidido por unanimidade a manutenção do atual nível de juros da taxa básica da economia, a Selic. Está é a sétima decisão consecutiva de estabilidade da taxa, cravada em 14,25%. Em termos de política monetária, a…

Dilema inflacionário

Por Yan Cattani Gradualmente o desastre inflacionário de 2015 vem sendo minguado neste ano. Diversos são os fatores que têm contribuído para este acontecimento, especialmente o efeito “base de comparação” das reversões dos preços dos bens e serviços administrados, a própria recessão econômica e uma “ajudinha” cambial. Contudo, em maio observamos praticamente uma estabilidade dos…

Águas de março

Por Yan Cattani “É pau, é pedra”. Já esperados, os resultados consolidados e divulgados hoje pelo IBGE para a economia referente ao primeiro trimestre trazem dados bem negativos. Mas será “o fim do caminho” da recessão? É possível esperarmos uma inflexão da tendência de queda da atividade econômica ainda neste ano? O PIB (Produto Interno…

Sem desalento e mais confiante

Por Yan Cattani O desalento é uma situação do mercado de trabalho, em que após uma série de tentativas frustradas na busca por emprego, as pessoas acabam desistindo da procura e saem da força de trabalho, ou mais especificamente, da população economicamente ativa (PEA). A predominância do desalento é típica de países rotineiramente imersos em…

A famigerada confiança

Por Yan Cattani “A recuperação da atividade vai depender da recuperação da confiança”. A afirmação, apesar de recente, não é novidade. A fala de hoje do novo ministro da Fazenda Henrique Meirelles concentra uma série de decisões necessárias e complexas, divulgadas hoje em um pacote de novas medidas econômicas. Enquanto a inflexão da confiança não…

É bem mais embaixo

Por Flávio Calife/Izabel Faez No início do ano a equipe econômica do governo Dilma previa um superávit primário nas contas públicas para 2016 no valor de R$ 24 bilhões. A mesma equipe revisou esse valor em março para um déficit de R$ 96 bilhões ou cerca de 3% do PIB. Apesar dessa enorme diferença, a…

Saber esperar é uma virtude

Por Bruna Martins O relatório Focus divulgado hoje pelo Banco Central não trouxe muitas novidades. Embora os agentes econômicos tenham iniciado um discurso mais otimista na semana passada, as expectativas podem indicar um pouco de cautela. A previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2016 teve uma leve piora de 0,02 p.p., atingindo recuo…