Confira o histórico do veículo antes de fechar negócio:

  • Multas e Débitos de todo Brasil;
  • Histórico de Leilão;
  • Perda Total do bem;
  • Adulteração de chassi;
  • Ficha cadastral do veículo;
  • Alerta de Roubo e furto, entre outros dados.

O que aparece no relatório da consulta:

  • Situação do veículo, adulteração de chassi, alerta de roubo e furto;
  • Alienação fiduciária, restrição judicial e tributária e busca e apreensão;
  • Débitos, multas, falta de transferência e histórico de leilão;
  • Informa se o veículo se envolveu em acidente com perda total.

Escolha seu plano

Mais

Perguntas frequentes

Para que utilizar?

Para atender a Lei 13.111 que trata da obrigatoriedade, na comercialização de veículos, da verificação da regularidade do bem, como furto, alienação e outras restrições que impeçam a circulação do mesmo.

Como é feita a atualização da base de dados do CertoCar SCPC - Histórico do Veículo?

As consultas são feitas diretamente no banco de dados dos sistemas de forma “on-line” e atualizadas conforme disponibilização dos parceiros. As restrições e registros dos veículos são disponíveis no mesmo momento que inseridas nos órgãos públicos.

É possível consultar as informações em módulos?

Sim, além do relatório CertoCar SCPC – Histórico do Veículo é possível consultar alguns módulos separados da família CertoCar. Veja mais opções em “Outros módulos veiculares” na área de pesquisa do produto.

Quais são os dados necessários para realizar a consulta?

É obrigatório informar a placa do veículo e a UF (Unidade Federativa).

A pesquisa apresenta todos as dívidas e impedimentos do veículo?

A pesquisa mostra todos os restritivos e impedimentos atuais do veículo pesquisado no momento da consulta e de forma on-line, nas bases de débitos estaduais, sinistro e leilão. Para uma pesquisa completa do veículo sugerimos pesquisar o produto Selo de Procedência Veicular SCPC.

O que significa Alienação Fiduciária?

É uma restrição que impede a transferência de propriedade do veículo, durante a vigência do contrato. O contrato pode ser de financiamento, leasing ou o carro pode ter sido dado como garantia. Enquanto não quitado o contrato, não poderá ser dada a baixa no Gravame junto ao Detran e o proprietário não poderá vender o veículo ou realizar qualquer outra forma de alienação.

Quando aparece na resposta: “Sistema Indisponível. Tente mais tarde”. O crédito foi descontado?

Não, o crédito não será descontado. Será necessário aguardar alguns minutos e refazer a pesquisa.

Quando aparece na resposta: “Placa não cadastrada na Base Estadual. Verifique os dados e o estado digitado. O crédito será descontado?

Sim, o crédito será descontado, porque a pesquisa foi feita, a digitação dos dados é que estava incorreta. Neste caso, existe a tarifação dos fornecedores e parceiros. Confira a placa e o estado antes de fazer a consulta.

O bloco “Sinistro” do relatório mostra todas as “batidas” que o veículo sofreu e os detalhes?

Não. Neste bloco aparecem as ocorrências de Indenização Integral Irrecuperável (perda total) e a data que foi cadastrada no sistema, ou seja, aquela que a seguradora indenizou o segurado e não houve recuperação do veículo.

Glossário de Siglas:

DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito)

DETRAN (Departamento de Trânsito)

BIN (Base de Índice Nacional de Veículos)

DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores Terrestres)

CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo)

FENASEG (Federação Nacional de Seguros Privados)

RENACH (Registro Nacional de Carteira de Habilitação)

RENAINF (Registro Nacional de Infrações)

RENAVAM (Registro Nacional de Veículos)

IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores)

UF PLACA (Unidade Federativa ( Estado do Brasil) de registro)

B.O (Boletim de Ocorrência)

BOAT (Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito)

DUT (Documento Único de Transferência)

REM (Remarcado ou Regravado)

FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas)

CMT (Capacidade Máxima de Tração)

PBT (Peso Bruto Total)