64% dos brasileiros criticam os impostos

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

A recente pesquisa de avaliação do Governo Dilma, divulgada pela CNI-Ibope, registrou um percentual de 63% de entrevistados que julgam o atual governo como sendo bom ou ótimo. Esta é considerada a melhor avaliação desde o início deste governo. A região Nordeste continua sendo a que mais aprova o Governo, com 72% dos entrevistados. As demais regiões mantêm patamar médio de 60% no nível ótimo ou bom.

No entanto, em uma análise mais detalhada da pesquisa, verifica-se que a população tem algumas críticas.  Apenas 32% aprovam a Saúde e Segurança, e 64% dos entrevistados criticam os Impostos no Brasil. A presidente Dilma vai encerrar seu governo tendo desperdiçado seu capital político para fazer a tão necessária reforma tributária. Medidas pontuais de desoneração da folha, embora positivas, não resolverão o problema do baixo crescimento. Somente uma ação mais profunda na política fiscal, com uma reforma tributária que contemple redução e simplificação dos impostos, com um programa de incentivo ao investimento, promoverá o crescimento econômico e a competitividade da indústria brasileira.

Ed.148

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio cai 1,0% em abril, diz Boa Vista SCPC

Dados do varejo apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), apontam que o Movimento do Comércio caiu 1,0% em abril, considerando as informações mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (maio de 2016 até abril de 2017) houve queda de 3,4% frente aos 12 meses antecedentes. Já na…

Vendas para o dia das mães crescem 1,6% em 2017, apura Boa Vista SCPC

As vendas do comércio para o Dia das Mães cresceram 1,6% em 2017, em comparação a 2016, de acordo com os dados de abrangência nacional, da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Segunda data comemorativa mais importante do comércio, o Dia das Mães trouxe boas notícias aos varejistas, uma vez que apresentou…

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito cai 0,1% em abril

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do SCPC – apontou queda de 0,1% na análise mensal dessazonalizada, enquanto na variação acumulada em 12 meses (maio de 2016 até abril de 2017) queda de 0,4%. Na análise interanual (mesmo mês de 2016)…