Apesar do QE3, encomendas de bens de capital nos EUA continuam em queda

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

Estatística do Departamento do Comércio dos Estados Unidos mostra que as encomendas de bens de capital, fora do setor de defesa e excluindo aeronaves, continuam em queda desde junho deste ano. Estes números são observados de perto para planos de investimento empresarial nos EUA.

Apesar de outros dados sobre emprego, gastos do consumidor e setor imobiliário sugerirem alguma melhora na economia americana, a persistente queda de encomendas de bens de capital demonstra que o terceiro afrouxamento monetário (QE3) realizado pelo FED não têm tido o efeito desejado. Bernanke acredita que o problema americano é mais cíclico do que estrutural. Está equivocado. Em janeiro de 2013 o fim de uma série de isenções fiscais coincidirá com programados cortes de gastos, o chamado “abismo fiscal”.

Ed.58

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,10% em abril, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,10% em abril, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve diminuição (em março o nível foi de 2,29%),…

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor cai 2,3% em abril

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 2,3% em abril com ajuste sazonal frente a março, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (maio de 2016 até abril de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve desaceleração da…

Movimento do Comércio cai 1,0% em abril, diz Boa Vista SCPC

Dados do varejo apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), apontam que o Movimento do Comércio caiu 1,0% em abril, considerando as informações mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (maio de 2016 até abril de 2017) houve queda de 3,4% frente aos 12 meses antecedentes. Já na…