Bacen compra títulos para conter juros

Por Paulo Rabello de Castro, da RC Consultores

O Banco Central anunciou novas compras de papéis pré-fixados e atrelados a índices, cujos preços vêm despencando no mercado pela atual volatilidade, como forma de conter a espiral descendente do valor das carteiras e estabilizar expectativas. É normal esse tipo de atuação. O Bacen entra comprando os títulos que os aplicadores querem vender. Com isso reduz a pressão de alta nos juros futuros, aqueles que marcam o valor de papéis transacionados no mercado de futuros.

O ambiente externo, com a reiterada suspeita de que o FED vai diminuir as compras de papéis no 2o semestre (que é o movimento contrário ao que o nosso Bacen está fazendo nesses dias)  deixou o mercado mais ansioso, como prevíamos na Nota de ontem. Tais dúvidas dificilmente refluirão a curto prazo. Com isso, continua a pressão sobre o câmbio. A alta pode nos levar a patamar de R$2,30 nos próximos dias, embora sem sustentação. O novo patamar ainda é desconhecido. A pressão cambial põe o Bacen numa cama de sete varas: a inflação fica mais pressionada, pedindo mais altas de juros; porém, a volatilidade presente sugere intervenções no sentido de conter os juros futuros.

Ed.210

Comentários

comentários

Posts relacionados

Uso de certificado digital na entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física garante segurança e agilidade aos contribuintes

Contribuintes com rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano de 2016 precisam entregar, obrigatoriamente, até o dia 28 de abril a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física – DIRF 2017. Para tornar essa obrigação junto à Receita Federal mais simples, rápida e prática, com a segurança da transmissão de informações pelo ambiente online,…

Maioria dos consumidores afirma ter perfil equilibrado quanto aos seus hábitos de consumo, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (59%) em pesquisa inédita desenvolvida pela Boa Vista SCPC afirma ter um perfil equilibrado quando questionada sobre os seus hábitos de compra. Outros 28% dizem ter perfil conservador, e 13% afirmam ser consumistas. O levantamento da Boa Vista SCPC, elaborado com 1.169 entrevistados, em todo o Brasil, no período entre 31…

Parceria ADASP com a Boa Vista SCPC possibilita a ampliação de resultados

A Boa Vista SCPC tem parceria com mais de 2.200 entidades de classes representativas em todo o Brasil. Destaca-se também pela inovação e contínuo investimento em tecnologia para desenvolvimento de soluções que antecipem as principais demandas do mercado. Possui um time com centenas de profissionais especializados em modelagem estatística de informações, o que garante produtos…