Barreira de R$ 2,20 por dólar rompida

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O dólar comercial abriu o mercado hoje cotado a R$ 2,196, mantendo a cotação de encerramento de ontem a R$ 2,194, depreciando 0,5%, menor patamar desde o fim de outubro de 2013. O Real também se valorizou em relação ao euro, cotado a R$ 2,99. A perspectiva de fluxo positivo, em meio a recentes captações externas, contribuiu para manter o dólar em patamar mais baixo.

A barreira do dólar a R$ 2,20 foi rompida no final do pregão de ontem, ajudada pelos investidores que estavam comprados (apostando na alta do dólar), dando ordens de stop loss nos mercados futuros, reduzindo posições.O Real já vinha se fortalecendo desde terça-feira quando o Banco Central informou que estendia o programa de intervenção diária no câmbio até o final deste ano, mantendo as mesmas condições vigentes atualmente. No curto prazo, o Real valorizado ajuda as autoridades monetárias diante do quadro de pressão inflacionária e da interrupção do ciclo de aperto monetário. No entanto, a forte deterioração das contas externas exerce uma pressão adicional que deve impactar o processo de determinação do câmbio a médio prazo, com uma desvalorização do Real.

Comentários

comentários