Bolsas americanas continuam em alta

Por José Valter Martins de Almeida

As reiteradas declarações de Bernanke de amenizar a interpretação de que o FED suspenderia as injeções de recursos no curto prazo, que inundam os mercados de dinheiro, tem sustentado as bolsas americanas em euforia. O Dow Jones está na casa dos 15.500 pontos.

No entanto, o medo de uma subida forte na taxa de juros nos EUA é um “fantasma” sempre presente. Ainda ontem, o presidente do FED de Dallas, Richard Fischer, declarou que “quanto mais mantivermos a política monetária expansionista, mais difícil será encontrar uma saída depois”. A justificativa para manter essa expansão monetária é que a recuperação da economia americana está “longe de ser satisfatória”, segundo Bernanke. E o medo do “fantasma” se justifica. Vivemos em um mundo da bolha monetária: quanto pior a situação, maior a possibilidade das autoridades monetárias injetarem muito dinheiro, que migram direto para os mercados especulativos. Assim funciona a economia das bolhas.

Ed.245

Comentários

comentários