Brasil buscará investimentos no G-20

Por Marcel Caparoz e Paulo Rabello de Castro, da RC Consultores

No próximo fim de semana os líderes do G-20, grupo das maiores economias desenvolvidas e emergentes do mundo, se encontrarão na Austrália para discutir medidas capazes de elevar a demanda mundial e acelerar a recuperação econômica em diversos países do globo, entre eles o próprio Brasil. O grande objetivo do encontro é lançar instrumentos que permitam a geração de 2 pontos percentuais adicionais ao crescimento global, resultando num incremento de até US$ 2 trilhões na economia do mundo até 2018.

Dentre as medidas que deverão ser incentivadas no encontro, está a promoção ao investimento em infraestrutura em países emergentes, permitindo ganhos seguros para os investidores internacionais ávidos por mais rentabilidade num marco jurídico estável. Dado o patamar historicamente baixo dos juros nos países desenvolvidos, a inversão de ativos de longa maturação em países emergentes passou a ficar mais interessante, desde que com segurança jurídica. O Brasil incluiu na agenda do encontro um total estimado de US$ 49 bilhões em novos projetos em infraestrutura, deixando, no entanto, outros US$ 50 bilhões de fora devido à falta de tempo nesta rodada. A presidente Dilma Rousseff reforçará ao G-20 que o Brasil tem interesse e ambiente doméstico atrativo para atrair estes bilhões de investimentos. Considerando o atual cenário econômico e político do país, a tarefa presidencial não será nada fácil.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC leva consulta de CPF e palestra de orientação financeira ao I Tratamento do Superendividado no Jaraguá

No I Tratamento do Superendividado na Periferia, promovido pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, por meio do Procon-SP e do Centro de Integração da Cidadania, que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 28 de julho, no bairro do Jaraguá, em São Paulo, a Boa Vista SCPC estará presente com uma série de serviços…

Demanda por Crédito do Consumidor cai 0,7% no 1º semestre, segundo Boa Vista SCPC

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 0,7% no 1º semestre de 2017, em comparação ao 1º semestre de 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, junho apresentou estabilidade nos dados, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (julho de 2016 até junho…

Movimento do Comércio cai 3,2% no 1º semestre, diz Boa Vista SCPC

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, caiu 3,2% no acumulado no ano (1º semestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12…