China mostra dados animadores para o mundo

Por Paulo Rabello de Castro, da RC Consultores  

Notícia animadora às vésperas do nosso Carnaval. A China mostrou um comércio exterior em plena recuperação no último janeiro: suas importações subiram 23% sobre o mesmo mês de 2012, enquanto as importações chinesas saltaram quase 29%, com reflexo positivo para países como o Brasil. Desde setembro, por exemplo, o preço de minério de ferro voltou a subir forte, quase 80%, após despencar ao longo de 2012. A bolsa de Shanghai, que tinha negócios em um nível semelhante ao pior ano da crise, 2009, reagiu desde dezembro com 23% de alta.

Várias explicações estão sendo buscadas para esta recuperação que pode determinar um 2013 muito melhor do que muitos analistas supõem (inclusive nós!). A comemoração do Ano Novo chinês, o Natal deles, pode ser um motivo do embalo. Outro é o fato estatístico de que a base de comparação com o fraco ano passado coloca os dados de hoje em uma posição de destaque. Mas o principal motivo do embalo é mesmo a explosão do crédito, que voltou a crescer com força total. O Banco Central chinês já avisou que suas atenções se voltam de novo para a inflação interna e o risco de bolhas de crédito.

Ed.122

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,90% em julho

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos), como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 1,90% em julho, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,31 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve alta frente ao mês anterior (em junho o…

Número de novas empresas cai 3,8% no 2º trimestre

No 2º trimestre de 2017 o número de novas empresas caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Assim, o resultado configura a primeira queda para esse trimestre desde o início da série histórica (2003). Ainda assim, os valores acumulados no…

Vendas para o dia dos pais recuam 0,5% em 2017

As vendas do comércio para o dia dos pais diminuíram 0,5% em 2017 quando comparadas a 2016, segundo dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O recuo das vendas nesta data foi mais fraco do que o observado em 2016, quando o comércio retraiu 5,2% em relação ao mesmo período de…