Consumo de energia cresce em fevereiro

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

A resenha mensal da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) informa que em fevereiro o consumo de energia elétrica no país alcançou 37,8 GWh, 2,7% a mais que no mesmo mês de 2012. O principal responsável por esse aumento foi o consumo residencial, com aumento de 7,9%. O consumo do setor comercial cresceu 5,9%. O setor industrial apresentou uma queda de 2,4%.  Os principais responsáveis pelo desempenho fraco do consumo industrial foram os setores de alumínio e siderurgia.

Duas conclusões sobre o resultado do consumo de energia em fevereiro. A primeira é que a demanda por energia, pelo setor residencial, é bastante elástica, ou seja, se o preço diminui há um aumento significativo por energia. A segunda é que a economia está patinando neste início de 2013. Como os níveis dos reservatórios estão muito abaixo da média para esta época do ano, as termoelétricas devem permanecer ativas ao longo do ano, encarecendo o custo de energia do sistema. Talvez a redução do preço da energia devesse ter sido retardada. Alguém vai ter que pagar a conta da geração de energia mais cara este ano.

Ed.153

Comentários

comentários