Dow Jones alcança nível histórico

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

Ontem o índice Dow Jones fechou em alta de 0,32% e pela primeira vez superou a barreira dos 15.100 pontos em sua história de 117 anos. Wall Street seguiu a tendência das bolsas mundiais, como Tóquio, que não alcançava nível parecido desde a quebra do Lehman Brothers e a de Frankfurt, que atingiu um recorde histórico. O Índice Bovespa não acompanhou os mercados internacionais  e retornou ao nível dos  55 mil pontos, com queda de 0,83%.

A euforia das bolsas é creditada às boas notícias vindas da Europa, como o resultado melhor do que o esperado da indústria alemã em maço em relação a fevereiro e o leilão bem sucedido de bônus portugueses e gregos. O inesperado corte de juros pelo Banco Central da Austrália, alguns balanços corporativos positivos e o superávit comercial da China também ajudaram a explicar a alta. No entanto, o recuo do ouro e outras commodities revelam aspectos importantes no cenário de 2013 que não devem se ignorados. A frágil retomada da economia mundial está baseada em injeções maciças de dinheiro pelo FED e demais bancos centrais. A volatilidade deve permanecer alta, pois os mercados continuam muito líquidos e com poucas alternativas onde aplicar, alternando o humor entra a euforia e o medo de prejuízos catastróficos.

Ed.181

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,90% em julho

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos), como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 1,90% em julho, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,31 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve alta frente ao mês anterior (em junho o…

Número de novas empresas cai 3,8% no 2º trimestre

No 2º trimestre de 2017 o número de novas empresas caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Assim, o resultado configura a primeira queda para esse trimestre desde o início da série histórica (2003). Ainda assim, os valores acumulados no…

Vendas para o dia dos pais recuam 0,5% em 2017

As vendas do comércio para o dia dos pais diminuíram 0,5% em 2017 quando comparadas a 2016, segundo dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O recuo das vendas nesta data foi mais fraco do que o observado em 2016, quando o comércio retraiu 5,2% em relação ao mesmo período de…