Extremistas crescem no Parlamento Europeu

José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

Eleitores de 28 países da União Europeia terminaram de eleger neste domingo os 751 representantes para o Parlamento Europeu. Os partidos pró-europeus e de centro-direita foram os vencedores: ficaram com 212 lugares. Os socialistas e sociais-democratas ficaram com 186 cadeiras. No entanto, a extrema-direita e partidos eurocéticos ganharam força. A extrema-direita saiu vencedora na Grã-Bretanha e na Dinamarca, avançou na Áustria e na Hungria e deverá ter representantes de partidos neonazistas da Grécia e da Alemanha. Mas a França foi o destaque com a xenófoba Frente Nacional, partido de extrema-direita, tendo um em cada quatro votos (25%).

O resultado, ainda preliminar, aponta para o pior golpe ao projeto de integração regional da UE. A população está impaciente, e em muitos países isso é compreensível. A insatisfação europeia com as políticas de austeridade do bloco e a desilusão da população com a classe política resultou no avanço da extrema-direita, movimentos populistas e mesmo da extrema-esquerda, em alguns países, como a Grécia. Sob o ponto de vista macroeconômico essa tendência à direita pode significar mercados mais protegidos e tendências mais deflacionistas. O cenário tem muita semelhança com o dos anos 30. O Banco Central Europeu está atento e é provável que na reunião da próxima semana tome medidas expansionistas. Hoje o presidente do BCE avisou que “não está resignado em permitir a manutenção da inflação demasiado baixa durante demasiado tempo”, sinalizando também que o timing é o elemento chave na resposta da política monetária.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Maioria dos consumidores afirma ter perfil equilibrado quanto aos seus hábitos de consumo, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (59%) em pesquisa inédita desenvolvida pela Boa Vista SCPC afirma ter um perfil equilibrado quando questionada sobre os seus hábitos de compra. Outros 28% dizem ter perfil conservador, e 13% afirmam ser consumistas. O levantamento da Boa Vista SCPC, elaborado com 1.169 entrevistados, em todo o Brasil, no período entre 31…

Parceria ADASP com a Boa Vista SCPC possibilita a ampliação de resultados

A Boa Vista SCPC tem parceria com mais de 2.200 entidades de classes representativas em todo o Brasil. Destaca-se também pela inovação e contínuo investimento em tecnologia para desenvolvimento de soluções que antecipem as principais demandas do mercado. Possui um time com centenas de profissionais especializados em modelagem estatística de informações, o que garante produtos…

Percentual de cheques devolvidos atingiu 2,06% em fevereiro, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,06% em fevereiro, registrando diminuição em relação a fevereiro de 2016, quando alcançou 2,22%. O percentual de cheques devolvidos sobre movimentados também recuou na comparação mensal (em janeiro o nível foi de 2,07%), sendo o resultado…