FED projeta aumento mais acentuado da taxa de juros

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O FED anunciou ontem que encerrará o programa de compra de títulos em outubro, mas manteve a orientação de que os juros de curto prazo permanecerão baixos por um “tempo considerável” depois do programa terminar. O FED também fez novas estimativas para as taxas de fundos federais, aumentando a projeção da taxa mediana dos fundos para 1,375% ao final de 2015, contra 1,125% no relatório anterior.

A decisão da política monetária do FED anunciada ontem levou volatilidade aos mercados. Embora o comunicado do FED tenha mostrado cautela em relação ao time da elevação dos juros, as projeções feitas pelo banco central americano foram agressivas, indicando uma subida mais forte de que as estimativas dos dirigentes divulgadas em junho. Essas projeções fizeram os retornos dos Treasuries americanos de dez anos abrirem hoje a 2,64%. Há um mês esses títulos estavam cotados a 2,30%. Os temores de um aumento de juros nos EUA estão levando gestores de fundos a reduzir seus investimentos em mercados emergentes. Países emergentes como o Brasil sofrerão impactos importantes com essa perspectiva da elevação mais acentuada dos juros nos EUA: as moedas sofrerão desvalorização, as taxas de juros nos mercados monetários subirão e os preços das commodities cairão. Esse é o cenário para 2015.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Demanda por Crédito do Consumidor sobe 5,2% em agosto

A Demanda por Crédito do Consumidor subiu 5,2% em agosto (expurgados os efeitos sazonais), de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, agosto apresentou elevação de 1,9%, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (setembro de 2016 até agosto de 2017 frente aos 12 meses…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,79% em agosto

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 1,79% em agosto, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,34 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente a julho (quando o nível foi de 1,90%),…

Para 46% dos consumidores, o Cadastro Positivo tem como principal benefício auxiliar na obtenção de crédito e contratação de financiamentos

Em pesquisa inédita com consumidores de todo o Brasil, a Boa Vista SCPC identificou que para 46% dos entrevistados, o Cadastro Positivo tem como principal objetivo auxiliar na obtenção de crédito e na contratação de financiamentos. Outros 26% acreditam que o banco de dados com informações positivas sobre consumidores classifica de forma mais assertiva e…