Fôlego Europeu

Os indicadores econômicos da Zona do Euro divulgados hoje deram um pouco de esperança ao bloco. E ao mundo. A combinação do programa de afrouxamento quantitativo do Banco Central Europeu (BCE) com o enfraquecimento do euro ante o dólar, a queda dos preços do petróleo e os sinais de expansão do crédito foi responsável pelo crescimento do PIB da Zona do Euro.

O bloco registrou um crescimento da atividade econômica de 0,4% na margem, no 1º trimestre de 2015 ante o trimestre anterior, e de 1% na comparação anual. Apesar do resultado do PIB ficar abaixo do esperado pelo mercado, foi o melhor resultado desde o 2º trimestre de 2013. Em termos anualizados, o PIB cresceu 1,6% e a expectativa é que feche 2015 com crescimento de 1,5%.

Esse resultado foi influenciado principalmente pelo crescimento da França e da Itália, que registraram expansão de 0,6% e 0,3% na margem, respectivamente. A Alemanha, principal economia do bloco, cresceu abaixo do esperado, apenas 0,3%, na mesma base de comparação. E a Espanha apresentou o maior crescimento entre as quatro maiores economias do bloco, 0,9%. É a primeira vez desde 2010 que as quatro maiores economias registram resultados positivos conjuntamente.

A má notícia do dia, no entanto, foi o segundo recuo consecutivo da economia grega, que registrou queda de 0,2% na margem, agravando o cenário econômico do país. As incertezas políticas que acompanharam a recessão do país nos últimos 6 anos fizeram com que as eleições fossem antecipadas. Entretanto, tal decisão parece não estar surtindo efeito, pelo menos até o momento.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Uso de certificado digital na entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física garante segurança e agilidade aos contribuintes

Contribuintes com rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano de 2016 precisam entregar, obrigatoriamente, até o dia 28 de abril a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física – DIRF 2017. Para tornar essa obrigação junto à Receita Federal mais simples, rápida e prática, com a segurança da transmissão de informações pelo ambiente online,…

Maioria dos consumidores afirma ter perfil equilibrado quanto aos seus hábitos de consumo, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (59%) em pesquisa inédita desenvolvida pela Boa Vista SCPC afirma ter um perfil equilibrado quando questionada sobre os seus hábitos de compra. Outros 28% dizem ter perfil conservador, e 13% afirmam ser consumistas. O levantamento da Boa Vista SCPC, elaborado com 1.169 entrevistados, em todo o Brasil, no período entre 31…

Parceria ADASP com a Boa Vista SCPC possibilita a ampliação de resultados

A Boa Vista SCPC tem parceria com mais de 2.200 entidades de classes representativas em todo o Brasil. Destaca-se também pela inovação e contínuo investimento em tecnologia para desenvolvimento de soluções que antecipem as principais demandas do mercado. Possui um time com centenas de profissionais especializados em modelagem estatística de informações, o que garante produtos…