Gastos até setembro comprometem meta fiscal do governo

Por Paulo Rabello de Castro, da RC Consultores

A meta fiscal de superávit primário em 2012 não deverá ser atingida. Nos nove meses da execução orçamentária até setembro o governo cobriu cerca de 56% da meta anual e, assim mesmo, graças à forte contribuição de dividendos pelas estatais federais. O secretário do Tesouro Arno Augustin afirma ter esperança de recuperar o atraso no cumprimento da meta anual ao contar com maior arrecadação de tributos proveniente do que chama de “aceleração da economia no fim do ano”.

Não é realista contar com melhoria no desempenho fiscal. O gasto corrente do governo tem demonstrado resistência a qualquer tipo de controle mais rigoroso. O secretário do Tesouro reconhece que a verba de Pessoal, por exemplo, encosta numa cifra indigesta, quase 10% de expansão nominal, em um ano que se consideraria decisivo para um controle mais efetivo da despesa pública. Por outro lado, a aceleração do investimento ainda é tímida. Em 2012 o governo terá desperdiçado a grande c de controle oferecida pela forte redução dos encargos com juros.

 Ed.60

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 1,5% em setembro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 1,5% em setembro quando comparado a agosto na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC. Na avaliação acumulada em 12 meses (outubro de 2016 até setembro de 2017 frente ao…

IBC-BR recua 0,38% em agosto e 1,0% no acumulado 12 meses

18 de outubro 2017 – Segundo o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR[1]) recuou 0,38% na comparação mensal contra o mês de julho (dados dessazonalizados). Considerando a variação acumulada em 12 meses, o ritmo de queda segue diminuindo: a leitura de agosto apresentou um recuo de 1,0% (após registrar queda de 1,4%…

Volume de serviços recua 1,0% em agosto e 4,5% no acumulado 12 meses

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE, o volume de serviços apresentou queda de 1,0% em agosto contra o mês anterior (dados dessazonalizados). A categoria de serviços prestados às famílias foi a única a apresentar queda (-4,8%), bastante atípica para o mês considerando o histórico da série. Os demais grupos apresentaram crescimento: Serviços…