Índice de confiança melhora na zona do euro, mas problemas ainda persistem

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

A confiança dos investidores na zona do euro melhorou segundo o indicador de sentimento Sentix, mas ainda continua no território negativo. O índice na região subiu de 12,6 negativos em julho para 4,9 negativos em agosto. Segundo o relatório do Sentix, os “bancos centrais são cada vez mais os motores da economia, através de medidas de liquidez e condições de refinanciamento mais fáceis”.

Esse resultado deve ser lido com cuidado. A RC Consultores prevê um PIB negativo na região de 0,8%. Ainda que o presidente do BCE, Mario Draghi afirme que “o pior já passou” e que “os dados básicos da zona do euro, como inflação, balanço de conta corrente e déficits públicos, sejam melhores dos que os EUA”, a situação europeia se agrava. Grécia, Portugal, Espanha e Itália continuam preocupando. Enquanto não forem renegociadas as dívidas de famílias, empresas e de países com comprometimento excessivo, e com reduções corajosas de valor, restará impossível romper o ciclo vicioso que amarra a economia produtiva nos países centrais endividados.

Ed.241

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,90% em julho

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos), como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 1,90% em julho, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,31 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve alta frente ao mês anterior (em junho o…

Número de novas empresas cai 3,8% no 2º trimestre

No 2º trimestre de 2017 o número de novas empresas caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Assim, o resultado configura a primeira queda para esse trimestre desde o início da série histórica (2003). Ainda assim, os valores acumulados no…

Vendas para o dia dos pais recuam 0,5% em 2017

As vendas do comércio para o dia dos pais diminuíram 0,5% em 2017 quando comparadas a 2016, segundo dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O recuo das vendas nesta data foi mais fraco do que o observado em 2016, quando o comércio retraiu 5,2% em relação ao mesmo período de…