Inflação cai em Julho

Por Marcel Caparoz, da RC Consultores

A inflação oficial (IPCA) de julho registrou forte desaceleração, com alta de apenas 0,01%, segundo dados divulgados hoje pelo IBGE. No acumulado em 12 meses a alta é de 6,50%, exatamente no teto máximo estipulado pelo Banco Central. Nos primeiros sete meses de 2014 a inflação já acumula elevação de 3,76%.

A queda dos preços dos transportes e dos alimentos foram os principais fatores da forte desaceleração do mês. Mas essa tendência não deve se manter ao longo de 2014. Após oito semanas consecutivas de queda, o índice RC de preços agrícolas ao produtor no atacado voltou a registrar alta de 0,9% nesta semana. No caso dos transportes, as recentes baixas do preço do etanol e da gasolina podem abrir espaço para uma autorização de aumento do preço da gasolina cobrada pela Petrobras. Além disso, outros preços da economia estão defasados e irão pressionar a inflação em 2015, como é o caso da tarifa de energia elétrica. O mercado e o próprio Banco Central não esperam que o centro da meta (4,5%) seja alcançado no curto prazo. Enquanto isso a renda disponível das famílias continua sendo corroída e seu poder de compra cada vez mais reduzido.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,79% em agosto

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 1,79% em agosto, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,34 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente a julho (quando o nível foi de 1,90%),…

Para 46% dos consumidores, o Cadastro Positivo tem como principal benefício auxiliar na obtenção de crédito e contratação de financiamentos

Em pesquisa inédita com consumidores de todo o Brasil, a Boa Vista SCPC identificou que para 46% dos entrevistados, o Cadastro Positivo tem como principal objetivo auxiliar na obtenção de crédito e na contratação de financiamentos. Outros 26% acreditam que o banco de dados com informações positivas sobre consumidores classifica de forma mais assertiva e…

Movimento do Comércio sobe 2,2% em agosto

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 2,2% em agosto quando comparado a julho na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (setembro de 2016…