Inflação longe do centro da meta

Por Thiago Custodio Biscuola, da RC Consultores

O IPCA de dezembro avançou 0,92%, segundo dados divulgados pelo IBGE. O resultado é a maior alta mensal desde abril de 2003. Com o resultado a inflação em 2013 ficou em 5,91%, acima do observado no ano anterior (+ 5,84%). Desde 2009, ano da crise financeira global, a variação do índice se sustenta acima do centro da meta, que é de 4,5%. Neste ano destacou-se a elevada inflação dos preços livres (+ 7,30%), enquanto os monitorados, apesar da forte alta em dezembro, registraram elevação de apenas 1,52%.

Questões estruturais continuam dificultando o arrefecimento da pressão sobre os preços. O mercado de trabalho ainda aquecido contribuiu para que a inflação de serviços alcançasse 8,74% no ano passado. Dentre os itens livres, alimentos e bebidas, apesar da queda ao longo do segundo semestre, continuaram pressionando o índice, encerrando o ano com alta de 8,48%. Demais bens, principalmente os importados, tiveram um impulso extra com a desvalorização do Real no segundo semestre. Os preços monitorados, por sua vez, tiveram papel preponderante para que a inflação não atingisse o teto da meta, principalmente influenciados pela revogação do aumento das tarifas de ônibus e o represamento do preço dos combustíveis até o final do ano. Para 2014, a perspectiva de um afrouxamento da política fiscal com advento das eleições, um Real mais fraco e a necessidade de diminuir a contenção dos preços monitorados fará com que a inflação, novamente, permaneça com ameaça de romper o teto da meta.

Ed.343

Comentários

comentários

Posts relacionados

Volume de serviços recua 1,0% em agosto e 4,5% no acumulado 12 meses

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE, o volume de serviços apresentou queda de 1,0% em agosto contra o mês anterior (dados dessazonalizados). A categoria de serviços prestados às famílias foi a única a apresentar queda (-4,8%), bastante atípica para o mês considerando o histórico da série. Os demais grupos apresentaram crescimento: Serviços…

Número de novas empresas sobe 5,1% no 3º trimestre

No 3º trimestre de 2017 o número de novas empresas cresceu 5,1% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Desta forma, os valores acumulados no ano (janeiro a setembro), quando comparados ao mesmo período do ano anterior, mantiveram-se positivos, passando de um…

Vendas para o dia das crianças sobem 2,7% em 2017

Dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) mostram que em 2017 as vendas do comércio para o dia das crianças aumentaram 2,7% quando comparadas aos resultados de 2016. Dessa forma, o indicador para data comemorativa tornou a subir após 2 anos consecutivos de queda, quando variou -4,2% em 2016 e -3,4%…