Japão aprova pacote de mais de US$115 bilhões para estimular economia

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O governo do Japão aprovou nesta sexta-feira um pacote de 10,3 trilhões de ienes, aproximadamente US$ 116 bilhões, para estimular a economia. Dos ¥10,3 trilhões, ¥3,8 trilhões serão para a reconstrução da região de Tohoku, ¥3,1 trilhões para investimentos em inovação e aumento da competitividade e ¥3,1 trilhões em educação e saúde. O primeiro-ministro Shinzo Abe declarou que “ampliará a cooperação com o Banco do Japão” e espera que “o BC implemente um poderoso afrouxamento monetário e eleve a meta de inflação de 1% para 2%”. A expectativa do gabinete de Abe é que o pacote gere um efeito positivo de 2 pontos percentuais sobre o PIB.

Tudo indica que o Japão vai passar a seguir a fórmula Keynesiana/greenspaniana/bernankiana de injeções maciças de liquidez, utilizada pelos EUA e Europa. O resultado imediato das medidas anunciadas por Abe é a desvalorização do iene. A Europa deveria aproveitar a oportunidade para se ajustar. O primeiro-ministro Abe inclusive já anunciou que pretende comprar títulos em poder do Fundo Europeu de Estabilidade em bases regulares usando as amplas reservas cambiais do Japão.

Ed.103

Comentários

comentários