Melhora confiança na zona do euro

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O Tesouro Italiano colocou hoje € 6,5 bilhões em dívida de médio e longo prazo. A maturidade de 10 anos atingiu “yield” de 4,17%, taxa mais baixa desde outubro de 2010.  Também foram emitidas obrigações de cinco anos com “yield” a 2,94%, inferior aos 3,26% atingido em dezembro.  Esta semana a Itália já emitiu mais de € 20 bilhões em dívida.

O bom momento para a colocação dos títulos soberanos europeus é resultado da política de injeção de liquidez adotada pelos bancos centrais dos países ricos, sobretudo do Fed, BCE, Banco da Inglaterra e Banco do Japão. Aparentemente a melhoria nos mercados financeiros está começando a transmitir-se na confiança dos agentes econômicos, ainda que de forma lenta. O índice de confiança dos executivos e consumidores da zona do euro cresceu de 87,8 em dezembro para 89,2 em janeiro, segundo comunicado divulgado hoje pela Comissão Europeia. Ainda é cedo para sugerir que estamos perante uma recuperação real e vigorosa.

Ed.115

Comentários

comentários

Posts relacionados

Demanda por Crédito do Consumidor cai 0,7% no 1º semestre, segundo Boa Vista SCPC

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 0,7% no 1º semestre de 2017, em comparação ao 1º semestre de 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, junho apresentou estabilidade nos dados, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (julho de 2016 até junho…

Movimento do Comércio cai 3,2% no 1º semestre, diz Boa Vista SCPC

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, caiu 3,2% no acumulado no ano (1º semestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12…

47% dos consumidores inadimplentes estão muito endividados, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

O nível de endividamento elevado (muito endividado) atinge 47% dos consumidores inadimplentes, ou seja, que estão com o “nome sujo”, de acordo com a pesquisa nacional Perfil do Consumidor Inadimplente, realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com cerca de 1.500 respondentes. Em seguida, 26% se dizem mais ou menos endividados,…