Melhoram as expectativas para 2017

Por Flávio Calife

Apesar de apontar piora nas expectativas dos agentes econômicos para 2016, há o que comemorar no Relatório Focus de hoje divulgado pelo Banco Central. Os agentes econômicos começam a vislumbrar possibilidades reais de melhora para 2017.

Enquanto as expectativas para o crescimento do PIB continuam a piorar para 2016 (previsão de queda de 3,89%), as expectativas para a atividade em 2017 foram ajustadas para cima pela segunda semana consecutiva. Após dois anos seguidos de rompimento do teto da meta de 6,5% (2015 e provavelmente 2016), as expectativas para a inflação em 2017 já estão em 5,72%.

Com a fraca atividade e a inflação em queda, os juros básicos que subiram rapidamente em 2015 e se mantiveram em patamar elevado por um longo período, finalmente devem começar a ceder. Para 2016 espera-se queda de 1 p.p., atingindo 13,25%, mas para 2017, espera-se juro abaixo dos 12%.

Melhoraram também para 2017 as expectativas para o resultado primário, ponto crucial para o ajuste da economia no médio prazo. Apesar dos analistas ainda preverem déficits para os próximos anos, o tamanho do rombo está recuando com as mudanças esperadas na política econômica de um possível novo governo. Confirmando-se essas expectativas, as portas estarão abertas para a melhora da confiança dos agentes econômicos.

 

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito sobe 3,0% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do crédito– apontou elevação de 3,0% na análise mensal contra dezembro, descontados os efeitos sazonais. Já na variação acumulada em 12 meses apresentou alta de 2,7%, enquanto na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve…

81% dos consumidores esperam que em 2017 a relação entre recebimento e gastos melhore, segundo Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (81%) na Pesquisa Perfil do Inadimplente, da Boa Vista SCPC, espera que em 2017 a relação entre recebimentos e gastos esteja melhor do que a existente no 4º trimestre de 2016, período no qual o levantamento foi elaborado contendo a participação de consumidores de todo o país. Em dezembro de 2015,…

CDC completa 27 anos e representa uma conquista de consumidores e de empresas

Março é um mês especial para os consumidores (e para as empresas). É que no dia 11, há 27 anos, entrou em vigor o Código de Defesa do Consumidor (CDC). A Lei 8.078 foi assinada pelo então presidente Fernando Collor em setembro de 1990, determinando que entrasse em vigor seis meses depois, no dia 11…