Mercado recalcula inflação e juros para 2012

Por Paulo Rabello de Castro, da RC Consultores

O novo boletim Focus publicado ontem projeta avanço na inflação de 2012, agora prevista em 5,35% contra 5,19% na média das opiniões do mês passado. Pesou na revisão do mercado uma seqüência de medidas do governo para colocar mais lenha na fogueira do consumo. A queda do adicional de recolhimento compulsório dos bancos (não confundir com a taxa principal, que permanece) é a decisão mais relevante. Porém, uma outra é de impacto rápido: a injeção de R$13 bi na Caixa Econômica Federal e mais R$8 bi no Banco do Brasil, destinados a financiar bens de consumo da classe C e materiais de construção. Esta operação é semelhante a que injetou recursos volumosos no BNDES no ano passado.

A Fazenda opera um grande esforço de empurrar os consumidores para as compras. E rebaixa o custo operacional da industria nacional. É um objetivo compreensível com os instrumentos equivocados. O consumidor brasileiro que toma emprestado já está no limite de endividamento. Uma derrapada maior da economia mundial dará um grande susto no governo.

Ed.36 

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor sobe 1,4% em janeiro

Contudo, na avaliação dos valores acumulados em 12 meses houve queda de 9,2% A Demanda por Crédito do Consumidor, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), aumentou 1,4% em janeiro, na avaliação dessazonalizada contra dezembro. Porém, na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (fevereiro de 2016…

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito sobe 3,0% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do crédito– apontou elevação de 3,0% na análise mensal contra dezembro, descontados os efeitos sazonais. Já na variação acumulada em 12 meses apresentou alta de 2,7%, enquanto na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve…

81% dos consumidores esperam que em 2017 a relação entre recebimento e gastos melhore, segundo Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (81%) na Pesquisa Perfil do Inadimplente, da Boa Vista SCPC, espera que em 2017 a relação entre recebimentos e gastos esteja melhor do que a existente no 4º trimestre de 2016, período no qual o levantamento foi elaborado contendo a participação de consumidores de todo o país. Em dezembro de 2015,…