Merkel apoia visão do presidente do BCE para defender o euro

José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

A chancelar alemã, Angela Merkel, reafirmou ontem no Canadá o seu compromisso de fazer “o possível” para defender o euro, apoiando as declarações do presidente do BCE, Mario  Draghi, que afirmou que faria o que fosse preciso para salvar o euro e levantar a perspectiva de compra de títulos de países endividados. “As decisões recentes do BCE demonstram que a instituição considera que uma ação política é simplesmente um pré-requisito a uma evolução positiva na zona euro”, disse Merkel, defendendo uma “partilha das responsabilidades no plano político”.

Não faz sentido pensar no fim do Euro. Este foi o consenso a que chegaram os especialistas reunidos ontem na Fecomercio-SP para debater a crise econômica na Europa. O consenso foi que a solução para a crise atual não será rápida, mas o custo de acabar com o Euro “é tão grande que não há como isso acontecer” conforme palavras de um dos participantes.  Acreditamos que  o encaminhamento para solução da crise passa pela integração fiscal da zona do euro.

Ed.10

Comentários

comentários

Posts relacionados

Demanda por Crédito do Consumidor cai 0,7% no 1º semestre, segundo Boa Vista SCPC

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 0,7% no 1º semestre de 2017, em comparação ao 1º semestre de 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, junho apresentou estabilidade nos dados, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (julho de 2016 até junho…

Movimento do Comércio cai 3,2% no 1º semestre, diz Boa Vista SCPC

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, caiu 3,2% no acumulado no ano (1º semestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12…

47% dos consumidores inadimplentes estão muito endividados, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

O nível de endividamento elevado (muito endividado) atinge 47% dos consumidores inadimplentes, ou seja, que estão com o “nome sujo”, de acordo com a pesquisa nacional Perfil do Consumidor Inadimplente, realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com cerca de 1.500 respondentes. Em seguida, 26% se dizem mais ou menos endividados,…