Micro e pequenas empresas elevam participação no PIB

Por Marcel Caparoz, da RC Consultores

As micro e pequenas empresas brasileiras ampliaram ainda mais a sua importância na economia do país. Segundo estudo da FGV, cerca de 27% do PIB do Brasil é gerado por estas empresas, um bom avanço quando comparado aos 21% de 1985. Além disso, elas são as principais geradoras de vagas de trabalho, sendo responsáveis em 2013 por um total de 839 mil novos postos, enquanto as médias e grandes empresas fecharam 126 mil postos.

O governo também se beneficia do dinamismo das micro e pequenas empresas. O pagamento de impostos, principalmente via Super Simples, não para de subir. Em 2008 a arrecadação total pelo governo foi de R$ 1,6 bi através deste programa. Em 2013 já tinha saltado para R$ 54,4 bi. No entanto, embora apresente elevado grau de importância para a economia, estes pequenos empreendimentos ainda são muito vulneráveis. Um quarto dos novos negócios não dura mais de 2 anos. Uma política de fortalecimento destas empresas, através de maior acesso ao conhecimento, menos burocracia e principalmente menos impostos ampliaria ainda mais a sua contribuição para a economia do país.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC reúne especialistas para debater avanços e benefícios econômicos do Cadastro Positivo

A Boa Vista SCPC recebeu autoridades como Oscar Madeddu, do Banco Mundial, João André Pereira, do Banco Central do Brasil e César Calomino, da Equifax do Uruguai, para falar sobre o Cadastro Positivo e os seus impactos econômicos e sociais, inclusive em países em desenvolvimento onde já é uma realidade. Estes convidados também salientaram a…

Recuperação de crédito cai 2,3% no acumulado 12 meses

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 2,3% na variação acumulada em 12 meses (setembro de 2016 até agosto de 2017). A variação mensal com dados dessazonalizados apresentou aumento de 4,5% contra o mês…

Relatório de Crédito – jul/17

O Banco Central do Brasil (BCB) divulgou os dados de crédito referente a julho. A expansão das operações de crédito, até o momento, continua em ritmo moderado. O crescimento do saldo veio levemente abaixo do esperado, com redução na variação anual (caiu 1,6% em junho/17 contra diminuição de 1,7% em jul/17), atingindo R$ 3,1 trilhões,…