Petróleo continuará pressionando balança comercial

Por Marcel Caparoz / José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O Ministério do Desenvolvimento e Comércio Exterior divulgou ontem o resultado negativo de US$ 1,9 bilhão da balança comercial em julho. No ano já acumula um saldo negativo de US$ 5 bilhões. As exportações até julho somam US$ 135 bilhões, queda de 2,1%, enquanto as importações subiram 9,2%, atingindo US$ 140,2 bilhões. A conta de importações de combustíveis e lubrificantes surpreendeu com um aumento de 77,5% em relação ao mês anterior, e 69,3% ante o mesmo mês do ano anterior, atingindo US$ 5,3 bilhões.

O ritmo de crescimento das importações dos derivados de petróleo em 2013, já descontados os US$ 4,5 bilhões importados em 2012 e contabilizados este ano, continua elevado, com crescimento médio de 7,3% em relação a 2012. Tudo indica que o petróleo continuará pressionando a balança comercial. Embora a taxa de câmbio desvalorizada possa favorecer um menor crescimento das importações, a projeção do mercado de US$ 5,7 bilhões de superávit para este ano está superdimensionada.

Ed.240

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito sobe 3,0% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do crédito– apontou elevação de 3,0% na análise mensal contra dezembro, descontados os efeitos sazonais. Já na variação acumulada em 12 meses apresentou alta de 2,7%, enquanto na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve…

81% dos consumidores esperam que em 2017 a relação entre recebimento e gastos melhore, segundo Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (81%) na Pesquisa Perfil do Inadimplente, da Boa Vista SCPC, espera que em 2017 a relação entre recebimentos e gastos esteja melhor do que a existente no 4º trimestre de 2016, período no qual o levantamento foi elaborado contendo a participação de consumidores de todo o país. Em dezembro de 2015,…

CDC completa 27 anos e representa uma conquista de consumidores e de empresas

Março é um mês especial para os consumidores (e para as empresas). É que no dia 11, há 27 anos, entrou em vigor o Código de Defesa do Consumidor (CDC). A Lei 8.078 foi assinada pelo então presidente Fernando Collor em setembro de 1990, determinando que entrasse em vigor seis meses depois, no dia 11…