PIB do sul da zona do euro tem forte queda

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O PIB de Portugal, Espanha, Itália e Grécia tiveram forte queda em 2012. A economia da Itália contraiu 2,8% na comparação anual. Em Portugal, o PIB recuou 3,2% em 2012. O pior resultado desde 1975. A economia grega encolheu 6,4% no ano passado. É o quinto ano consecutivo que a Grécia apresenta contração do PIB, que já soma uma queda de 20% em termos reais desde 2008. Na Espanha o PIB caiu, em 2012, 1,4%.

A demanda doméstica fraca e a queda das exportações foram as responsáveis pela contração do PIB nessas economias.  Está prevista para a próxima quinta e sexta-feira a cúpula de chefes de Estado e de Governo da União Europeia sobre o crescimento e a competitividade. Terão muito o que discutir. Não há nenhum sinal de que esse quadro de recessão na zona do euro se modifique sensivelmente neste ano.

Ed.141

Comentários

comentários

Posts relacionados

Maioria dos consumidores afirma ter perfil equilibrado quanto aos seus hábitos de consumo, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (59%) em pesquisa inédita desenvolvida pela Boa Vista SCPC afirma ter um perfil equilibrado quando questionada sobre os seus hábitos de compra. Outros 28% dizem ter perfil conservador, e 13% afirmam ser consumistas. O levantamento da Boa Vista SCPC, elaborado com 1.169 entrevistados, em todo o Brasil, no período entre 31…

Parceria ADASP com a Boa Vista SCPC possibilita a ampliação de resultados

A Boa Vista SCPC tem parceria com mais de 2.200 entidades de classes representativas em todo o Brasil. Destaca-se também pela inovação e contínuo investimento em tecnologia para desenvolvimento de soluções que antecipem as principais demandas do mercado. Possui um time com centenas de profissionais especializados em modelagem estatística de informações, o que garante produtos…

Percentual de cheques devolvidos atingiu 2,06% em fevereiro, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,06% em fevereiro, registrando diminuição em relação a fevereiro de 2016, quando alcançou 2,22%. O percentual de cheques devolvidos sobre movimentados também recuou na comparação mensal (em janeiro o nível foi de 2,07%), sendo o resultado…