Preço interno da gasolina em setembro ficou 26% abaixo do preço externo

 

Por José Valter Martins de Almeida e Fabio Silveira, da RC Consultores

Em setembro de 2012, o preço internacional de realização da gasolina (na refinaria, tipo US Gulf Coast, em R$) aumentou 2,3% em relação a agosto de 2012, atingindo R$1,63/litro, devido à valorização do petróleo no mercado externo. Por outro lado, ainda neste mês, o preço doméstico de realização da gasolina (na refinaria, em R$) ficou 26% abaixo do valor do produto no mercado internacional.

Também em setembro de 2012, o preço internacional de realização do óleo diesel (na refinaria, em R$) cresceu 1,47% frente a agosto de 2012, alcançando R$1,71/litro. O preço doméstico do produto (na refinaria, em R$), por sua vez, situou-se 17% abaixo do preço observado no mercado externo.

Um reajuste nos preços dos derivados de petróleo no mercado interno parece ser inevitável no curto/médio prazo, de forma a diminuir o prejuízo da Petrobras na venda de combustíveis. Esse prejuízo afeta o fluxo financeiro da empresa, comprometendo importantes investimentos que precisam ser realizados.

 Ed.50

Comentários

comentários

Posts relacionados

Número de novas empresas aumentou 6,6% no 1º trimestre de 2017, segundo Boa Vista SCPC

No 1º trimestre de 2017 o número de novas empresas cresceu 6,6% em relação ao mesmo período de 2016 (análise interanual), segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Em relação ao 4º trimestre de 2016 houve aumento de 29,2%. Forma jurídica Na análise por classificação de forma…

Inadimplência das empresas inicia 2017 com queda de 0,3%, diz a Boa Vista SCPC

A inadimplência das empresas em todo o país caiu 0,3% no 1º trimestre de 2017 quando comparada ao mesmo trimestre do ano anterior, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Depois de três anos consecutivos de alta do indicador na comparação interanual (1º tri de 2017 contra o…

Boa Vista SCPC: inadimplência do consumidor paulistano caiu 4,3% no 1º trimestre

A inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo teve queda de 4,3% no acumulado do ano (1º trimestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados da Boa Vista SCPC. Na comparação interanual (março-17 contra março-16), a inadimplência retraiu 8,4%. Contra o mês anterior (março-17 contra fevereiro-17) houve…