Primeiro trimestre fraco para indústria

Primeiro trimestre fraco para indústria

Por Thiago Custódio Biscuola, da RC Consultores

A produção industrial recuou em março 0,5% frente a fevereiro na série livre de influências sazonais. Dentre as 14 regiões pesquisadas, 7 apresentaram retração no referido mês. Destaque negativo para os estados do Rio Grande do Sul (-3,0%) e Paraná (-2,1%). Em relação a Mar13 a indústria registrou queda de 1,0%. O relativo dinamismo nos dois primeiros meses do ano contribuiu para que o índice fechasse o primeiro trimestre com modesta alta de 0,4% frente a igual período de 2013.

Estes dados fazem parte da PIM-PF reformulada que foi divulgada pela primeira vez esta semana. A reformulação metodológica teve como objetivo modernizar as bases do índice, incorporando novos produtos e abandonando outros que perderam espaço ao longo do tempo. A quantidade de itens monitorados passou de 755 na metodologia antiga para 805 na nova versão. Alguns setores ganharam peso na nova ponderação, como a Indústria Extrativa (saiu de 4,96% para 11,2%) e a de Produção de veículos automotores (de 7% para 10,1%). Nesta nova pesquisa a produção industrial cresceu 2,3% no ano passado frente a 2012. Resultado bem acima dos 1,2% observado pela metodologia anterior. Isso não significa que a atual conjuntura adversa foi superada. Com uma base comparativa maior, a indústria em 2014 tende a ter um resultado ainda mais fraco.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…

Movimento do Comércio sobe 2,7% em maio, diz Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) apontam que o Movimento do Comércio subiu 2,7% em maio, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 3,0%…