Produtividade é declinante em alguns segmentos da indústria

Fabio Silveira, da RC Consultores

Levantamento recente feito pela RC Consultores constatou que vários segmentos da indústria brasileira operam atualmente com produtividade declinante. Tal declínio foi motivado pela queda da produção, no 1 º Semestre deste ano, sem correspondente ajuste de pessoal ocupado. Até meses atrás, acreditava-se que a economia brasileira teria importante recuperação na segunda metade deste ano, sustentada principalmente por retomada mais firme da demanda interna. Isso fez com que muitas empresas, mesmo com produção cadente, mantivessem seus empregados. Não apenas temiam dificuldades para encontrar profissionais treinados, como também evitavam acelerar a rotatividade de sua mão-de-obra, cuja prática é muito custosa no Brasil, por diversos motivos.

Como os indícios são de que o mercado doméstico terá evolução modesta nos próximos meses (e a economia internacional mostra piora constante), é provável que segmentos industriais comecem a reduzir moderadamente sua força de trabalho, dada a necessidade de recuperação de sua produtividade. Entre outros, espera-se que haja alguma redução de pessoal nos segmentos de produtos eletrônicos, alimentos, máquinas e equipamentos, automóveis e madeira, seguindo o exemplo já adotado por têxtil e vestuário.

Ed.08

Comentários

comentários

Posts relacionados

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…

Movimento do Comércio sobe 2,7% em maio, diz Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) apontam que o Movimento do Comércio subiu 2,7% em maio, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 3,0%…