Produtividade é declinante em alguns segmentos da indústria

Fabio Silveira, da RC Consultores

Levantamento recente feito pela RC Consultores constatou que vários segmentos da indústria brasileira operam atualmente com produtividade declinante. Tal declínio foi motivado pela queda da produção, no 1 º Semestre deste ano, sem correspondente ajuste de pessoal ocupado. Até meses atrás, acreditava-se que a economia brasileira teria importante recuperação na segunda metade deste ano, sustentada principalmente por retomada mais firme da demanda interna. Isso fez com que muitas empresas, mesmo com produção cadente, mantivessem seus empregados. Não apenas temiam dificuldades para encontrar profissionais treinados, como também evitavam acelerar a rotatividade de sua mão-de-obra, cuja prática é muito custosa no Brasil, por diversos motivos.

Como os indícios são de que o mercado doméstico terá evolução modesta nos próximos meses (e a economia internacional mostra piora constante), é provável que segmentos industriais comecem a reduzir moderadamente sua força de trabalho, dada a necessidade de recuperação de sua produtividade. Entre outros, espera-se que haja alguma redução de pessoal nos segmentos de produtos eletrônicos, alimentos, máquinas e equipamentos, automóveis e madeira, seguindo o exemplo já adotado por têxtil e vestuário.

Ed.08

Comentários

comentários

Posts relacionados

Número de novas empresas cai 3,8% no 2º trimestre

No 2º trimestre de 2017 o número de novas empresas caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Assim, o resultado configura a primeira queda para esse trimestre desde o início da série histórica (2003). Ainda assim, os valores acumulados no…

Vendas para o dia dos pais recuam 0,5% em 2017

As vendas do comércio para o dia dos pais diminuíram 0,5% em 2017 quando comparadas a 2016, segundo dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O recuo das vendas nesta data foi mais fraco do que o observado em 2016, quando o comércio retraiu 5,2% em relação ao mesmo período de…

Recuperação de crédito cai 1,7% no acumulado 12 meses

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 1,7% na variação acumulada em 12 meses (agosto de 2016 até julho de 2017). A variação mensal com dados dessazonalizados apresentou queda de 6,4% contra o mês…