Redução dos estímulos nos EUA já está precificada

Por Marcel Caparoz, da RC Consultores

O Banco Central americano (FED) anunciou ontem o início da redução dos estímulos à economia a partir de janeiro de 2014, com um corte de US$ 10 bilhões nas injeções mensais, diminuindo a recompra de títulos públicos do patamar de US$ 85 bi para US$ 75 bi mensais. No entanto, ao contrário do que grande parte do mercado acreditava, a reação após o anúncio foi positiva. A bolsa japonesa fechou esta quinta com alta de 1,74%, enquanto as principais bolsas europeias sustentam elevação dos índices, com a Alemanha subindo 1,22% hoje pela manhã. Nos EUA, os índices futuros apontam para uma pequena baixa de 0,4%.

No anúncio do FED ao mercado ficou claro que embora a redução dos estímulos se inicie em janeiro de 2014, este deverá ser executado gradativamente, permitindo que a taxa de juros de longo prazo no país permaneça reduzida por um longo período de tempo, contribuindo para uma recuperação sustentável da economia americana. O fim das dúvidas contribuirá para uma menor volatilidade dos ativos no curto prazo, embora no médio prazo esta menor liquidez poderá gerar a correção do preço de alguns ativos e elevar ainda mais a volatilidade.

Ed.337

Comentários

comentários

Posts relacionados

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…

Movimento do Comércio sobe 2,7% em maio, diz Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) apontam que o Movimento do Comércio subiu 2,7% em maio, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 3,0%…