UE e EUA querem fechar acordo comercial até 2015

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

Durante o discurso do estado da União na terça-feira, o presidente norte-americano Barack Obama anunciou que iria iniciar “negociações para uma parceria no comércio e investimento transatlântico”. Ontem a União Europeia e Estados Unidos, em comunicado conjunto, afirmaram que as negociações devem começar até junho para serem concluídas em dois anos.

As relações transatlânticas já representam metade da produção global e um terço do comércio mundial no valor de €750 bilhões.  O ponto mais importante nesse acordo não será a tarifa. Estados Unidos e União Europeia já são mercados relativamente abertos. A alíquota de importação média é de 3,5% nos EUA e 5,2% na UE. Esse acordo pode estabelecer um padrão, não apenas para o comércio e investimento bilaterais, incluindo regulação, mas também o desenvolvimento de regras comerciais globais. Padrões estabelecidos podem ser uma “barreira” para os produtos dos Brics.  O acordo não será fácil. Para o Brasil, que não tem tido estratégia alguma para a política comercial, seria uma ótima oportunidade para se começar a pensar no assunto.

Ed.123

Comentários

comentários