Consumidor tem até amanhã para negociar dívidas no portal Acertando suas Contas

A Boa Vista SCPC encerra neste sábado, dia 12 de dezembro, seu mutirão de negociação de dívidas, realizado pela internet, por meio do portal “Acertando suas Contas”. A ação, inteiramente on-line e gratuita, permite ao consumidor, de qualquer parte do Brasil, renegociar seus débitos com os credores participantes, em condições favoráveis. Uma das principais vantagens da versão on-line é a comodidade, já que está à disposição do consumidor 24 horas por dia, sete dias por semana.

Para participar, basta acessar o portal www.acertandosuascontas.com.br

Nesta edição do “Acertando suas Contas” participam bancos, financeiras, varejistas, utilities (bens e serviços), e empresas de outros segmentos, de grande e médio porte. Esses credores totalizam 81 milhões de dívidas com pagamentos atrasados que somam R$ 227,6 bilhões. A negociação acontece de duas formas: ou por intermédio de uma proposta de pagamento no próprio site, ou por meio de canal indicando a melhor forma para um acordo.

As empresas participantes são: Administradora Palma, AES Eletropaulo, AF Afonso, Alfa, Andorinha Supermercado, Aq Affonso Calçados, Atrapalo Brasil Viagens, Banco Cifra, Banco Daycoval, Banco do Brasil, Banco Fibra, Banco Ficsa, Banco Industrial do Brasil, Bando Itaú, Banco PSA, Banco Safra, Banif, Barueri Serviços, Becker Calçados, Belian, Bic Banco, BMG, BNP Paribas; Bradesco, BTG Pactual; Caixa Econômica Federal; Carrefour, Casa Fernandes de Pneus, Casa Giacomo de Ferragens; Casas Bahia, CAV Sul-Centro Apoio de Vendas, CDHU – Governo do Estado de São Paulo, CEMA, Citibank, CPFL, Cred System, Credz Cartões, Crefisa, Cybelar, D’Avó Supermercados, Della Via Pneus, DPaschoal, Drogão, E Geglio Calçados, Empório Vip, Felithi Comercial, FIDC NP Multisegmentos CreditStore, Financial Management Control, Global Brasil Gestão Financeira, GM, Grupo Atlântico, Grupo Júlio Simões, Grupo Martins, Grupo Nicom, Grupo Paulista, Grupo Pine, Grupo Polimport, Grupo Rede, HStern, Hospital Villa Lobos, HSBC/Losango, Hyndai Caoa, Ipanema Credit, J Justino Jóias, JBCred, Jequiti, Lelo, Lojas Cem, Mag Stock, Mapfre, Marisa, Maxs Optica, Multicredito, Natumar, Natura, Net Serviços, Nextel, Omni, Pernambucas, Porto Seguro, Price Veículos, Raquel Francisca, Rc Lemos, Rei das Fotos, Restoque, Riachuelo, Santander/Real, Senac SP, Sinal, Sociedade Educacional das Américas, Societe Generale, Sofisa, Sonda, Stefanini, Supermercado Ourinho, Supermercado Rossi New, Teledata, Vivo/Telefonicca, Votorantim, VoxCred, Yamaha.

O “Acertando suas Contas”, em suas versões on-line e presencial, é realizado desde 2010, de maneira pioneira, pela Boa Vista SCPC. Nesse período, já foram atendidas mais de 800 mil famílias e aconteceram mais de 300 mil negociações em condições favoráveis para consumidores e credores.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito sobe 3,0% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do crédito– apontou elevação de 3,0% na análise mensal contra dezembro, descontados os efeitos sazonais. Já na variação acumulada em 12 meses apresentou alta de 2,7%, enquanto na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve…

81% dos consumidores esperam que em 2017 a relação entre recebimento e gastos melhore, segundo Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (81%) na Pesquisa Perfil do Inadimplente, da Boa Vista SCPC, espera que em 2017 a relação entre recebimentos e gastos esteja melhor do que a existente no 4º trimestre de 2016, período no qual o levantamento foi elaborado contendo a participação de consumidores de todo o país. Em dezembro de 2015,…

CDC completa 27 anos e representa uma conquista de consumidores e de empresas

Março é um mês especial para os consumidores (e para as empresas). É que no dia 11, há 27 anos, entrou em vigor o Código de Defesa do Consumidor (CDC). A Lei 8.078 foi assinada pelo então presidente Fernando Collor em setembro de 1990, determinando que entrasse em vigor seis meses depois, no dia 11…