Boa Vista SCPC alerta sobre o prazo para adesão da NFC-e nos estados do país

Empresas classificadas na atividade do comércio e do varejo precisam ficar atentas ao cronograma de adesão da Nota Fiscal do Consumidor eletrônica (NFC-e). A Boa Vista SCPC alerta que cada estado brasileiro tem um prazo específico para que os seus estabelecimentos comerciais passem a utilizar o documento eletrônico em substituição ao papel, de acordo com o calendário da Receita Federal.

A NFC-e é uma revolução no varejo brasileiro, pois além de automatizar o processo de emissão das notas fiscais, reduz os custos de obrigações acessórias aos contribuintes e aprimora o controle fiscal pelas Administrações Tributárias. E ainda, a desmaterialização do processo de emissão da NFC-e dá condições para que o consumidor confira a validade e a autenticidade do documento fiscal recebido.

Conforme o calendário da Receita Federal, até o final deste ano, empresas de diversos segmentos nos estados do Paraná, Paraíba, Rio de Janeiro, Rondônia e Sergipe devem começar a utilizar a NFC-e. A adesão é feita paulatinamente, respeitando a classificação da atividade de comércio e varejo na qual cada empresa está inscrita.

Segundo Roseli Garcia, diretora de Rede da Boa Vista SCPC, as empresas que precisam se adequar à emissão da NFC-e necessitam do certificado digital no padrão Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil). Este é o documento que identifica seguramente pessoas e empresas no mundo virtual e que dá autenticidade às transações virtuais.

Mesmo já sendo familiar para muitas empresas, o uso do certificado digital requer atenção extra. Como explica a diretora da Boa Vista SCPC, muitas vezes o prazo de validade do documento, que é em média de três anos, passa despercebido, só sendo observado quando requer uso imediato. Para verificar a validade, a Boa Vista SCPC disponibiliza a opção ‘Teste seu Certificado’ no site www.certificadoboavista.com.br.

Empresas que ainda não possuem certificado digital e vão necessitar de um para emitir a NFC-e, e mesmo as que já possuem, mas precisarão renovar o documento podem consultar a Boa Vista SCPC, que é fornecedora de certificados digitais em todo o Brasil. Além de preços acessíveis, oferece atendimento diferenciado para auxiliar não só a compra, mas também a utilização.

O certificado digital da Boa Vista SCPC pode ser adquirido de forma rápida com ótimo custo-benefício. Pelo telefone (11) 3160-6446 ou site www.certificadoboavista.com.br é possível comprar e agendar o melhor dia e horário para a validação presencial. E mais, ao fazer a compra de um certificado digital da Boa Vista SCPC, o solicitante recebe por e-mail e SMS a confirmação do pedido e as devidas informações para a validação presencial. Ao comparecer no posto de atendimento na data agendada, e com os documentos obrigatórios, o responsável já sai com o certificado pronto para uso imediato.

A Boa Vista SCPC dispõe de pontos de atendimento em 95% dos estados brasileiros e é possível localizar o ponto mais próximo no site www.certificadoboavista.com.br.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,10% em abril, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,10% em abril, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve diminuição (em março o nível foi de 2,29%),…

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor cai 2,3% em abril

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 2,3% em abril com ajuste sazonal frente a março, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Já na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (maio de 2016 até abril de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve desaceleração da…

Movimento do Comércio cai 1,0% em abril, diz Boa Vista SCPC

Dados do varejo apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), apontam que o Movimento do Comércio caiu 1,0% em abril, considerando as informações mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (maio de 2016 até abril de 2017) houve queda de 3,4% frente aos 12 meses antecedentes. Já na…