Entrega do Imposto de Renda com certificado digital facilita acesso e acompanhamento da declaração em 2015

Contribuintes que utilizam o modelo completo e o simplificado da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e possuem o certificado digital e-CPF passam a contar com mais uma facilidade,  além do pré-preenchimento automático implantado em 2014, informa a Boa Vista SCPC. Para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2015, aqueles que já possuem o e-CPF podem agora compartilhar online os dados do Imposto de Renda. Ou seja, ao disponibilizar computação em nuvem, a Receita Federal permite aos contribuintes com certificado digital que acessem, salvem e atualizem suas informações em diferentes computadores.

A entrega da declaração do IRPF exercício de 2015, ano-calendário de 2014, teve início dia 2 de março. O prazo termina dia 30 de abril. Nesse período, a Receita Federal espera receber 27,5 milhões de declarações de pessoas físicas. Para facilitar a vida desses contribuintes que precisam ficar em dia com o leão, as novidades relacionadas ao projeto de inovação tecnológica da Receita Federal representam, na opinião do diretor de Novos Negócios e Identificação Digital da Boa Vista SCPC, Angelo Tonin, mais um avanço. “Gradativamente, a certificado digital está se tornando um facilitador da rotina de declaração do Imposto de Renda”.

O pré-preenchimento garantiu ao contribuinte o acesso, de forma rápida e prática, aos dados que já havia informado à Receita Federal, relativos a rendimentos, deduções, bens, direitos, dívidas e ônus reais. Este ano, a Receita Federal inova ainda mais, segundo Tonin, e implanta o compartilhamento online, que permite ao contribuinte, com certificado digital válido, o e-CPF, salvar ou compartilhar informações online do programa gerador da declaração do IRPF.

Como explica Tonin, com o e-CPF, o contribuinte ou um representante que possua certificação digital e detenha uma procuração eletrônica registrada na Receita, consegue agilizar o preenchimento e, ainda, fazer o acompanhamento do processamento da declaração. A Boa Vista SCPC atende o contribuinte interessado e que deseja se beneficiar desta facilidade. Os certificados digitais emitidos pela empresa podem ser adquiridos de forma rápida, com ótimo custo-benefício. No endereço www.certificadoboavista.com.br é possível comprar um certificado digital e-CPF, agendar o melhor dia e horário para a validação presencial e, ainda, obter suporte técnico por meio de chat, se necessário.

De acordo com Tonin, ao fazer a compra de um certificado digital, o solicitante recebe por e-mail a confirmação do pedido e os devidos dados do agendamento e documentação necessária para a validação presencial. Ao comparecer ao ponto de atendimento na data agendada, com os documentos obrigatórios, a pessoa já sai com o certificado pronto para ser usado de imediato. Em todo o Brasil, a empresa dispõe mais de 270 pontos de atendimento. Localize o mais próximo no endereço www.certificadoboavista.com.br. É indicado para quem já tem certificado digital que verifique se o documento eletrônico ainda está dentro da data de validade, o que pode ser feito em: http://www.certificadoboavista.com.br/teste_certificado. Em 2014 foram emitidos cerca de 2,5 milhões de certificados digitais, segundo o ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação). Para este ano a previsão é de que as emissões sejam 20% superiores.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 1,5% em setembro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 1,5% em setembro quando comparado a agosto na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC. Na avaliação acumulada em 12 meses (outubro de 2016 até setembro de 2017 frente ao…

IBC-BR recua 0,38% em agosto e 1,0% no acumulado 12 meses

18 de outubro 2017 – Segundo o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR[1]) recuou 0,38% na comparação mensal contra o mês de julho (dados dessazonalizados). Considerando a variação acumulada em 12 meses, o ritmo de queda segue diminuindo: a leitura de agosto apresentou um recuo de 1,0% (após registrar queda de 1,4%…

Volume de serviços recua 1,0% em agosto e 4,5% no acumulado 12 meses

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE, o volume de serviços apresentou queda de 1,0% em agosto contra o mês anterior (dados dessazonalizados). A categoria de serviços prestados às famílias foi a única a apresentar queda (-4,8%), bastante atípica para o mês considerando o histórico da série. Os demais grupos apresentaram crescimento: Serviços…