Consumidores recebem acompanhamento automático gratuito do CPF por um ano em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor

De 14 a 18 de março, na semana em que se comemora o Dia Mundial do Consumidor (15 de março), a Boa Vista SCPC oferece gratuitamente, por um período de um ano, o Radar Pessoal a todos os consumidores que se cadastrarem em www.meuradarpessoal.com.br. O consagrado serviço, já utilizado por milhares de brasileiros, monitora as movimentações de consultas ao CPF, registros de débitos, títulos protestados, ações cíveis e até participações societárias registradas. Além disso, se o consumidor for negativado por um credor parceiro da campanha Acertando suas Contas, poderá ser direcionado para efetuar a negociação da dívida online.

Leonardo Soares Ferreira, gerente de Serviços ao Consumidor da Boa Vista SCPC, lembra que a consulta gratuita de CPF já é um benefício oferecido ao consumidor que se cadastra no Portal Consumidor Positivo (www.consumidorpositivo.com.br). No entanto, para ter acesso às informações, como alertas de consultas de documentos e registros de débito incluídos por credores, o consumidor necessita acessar periodicamente o portal. Com o Radar Pessoal, esse acompanhamento torna-se automático, mais completo com diversas outras informações e o envio de notificações por e-mail ocorre sempre que uma nova consulta é realizada com o número do CPF do consumidor ou mesmo no momento da inclusão de uma informação.

Ao se cadastrar no período de 14 a 18 de março, o consumidor passará a receber os alertas específicos desse tipo de movimentação no CPF, com total segurança, praticidade e sem qualquer tipo de cobrança. “A vantagem é que a informação chegará ao consumidor sem a necessidade de consultar rotineiramente seu nome. Assim, evita deslocamento e filas. Tudo com a confidencialidade que este tipo de consulta exige, já que o dado é informado no e-mail do consumidor, sem qualquer tipo de intermediação”, explica Leonardo.

Ainda no quesito segurança, o Radar Pessoal revela a empresa que efetuou a negativação, e esse dado permite que o consumidor tome providências imediatas caso não reconheça a dívida, ajudando-o a evitar prejuízos maiores. “Quando o CPF do consumidor é utilizado a sua revelia, em uma ação fraudulenta e associado a um endereço errôneo, recebe o informe no ato da negativação, o que o ajuda a agir de imediato”, completa o executivo.

Independentemente de ocorrer alguma consulta ao CPF ou mesmo um registro de débito, o Radar Pessoal encaminha, quinzenalmente, um e-mail apresentando as informações do CPF cadastrado.

Comentários

comentários