Contribuintes com certificado digital terão pré-preenchimento automático da declaração do Imposto de Renda

Contribuintes com certificado digital terão pré-preenchimento automático da declaração do Imposto de Renda

Contribuintes que utilizam o modelo completo e o simplificado da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF e possuem certificado digital e-CPF serão beneficiados com o pré-preenchimento automático da declaração em 2014. De acordo com as informações publicadas no site da Receita Federal, a DIRPF Pré-preenchida será disponibilizada ao contribuinte, desde que atenda um conjunto de regras estabelecidas, na forma de um arquivo que deverá ser importado no Programa Gerador da Declaração IRPF 2014 (PGD 2014). Esse arquivo terá informações relativas a rendimentos, deduções, bens, direitos e dívidas e ônus reais.

Conforme publicado no Diário Oficial da União de 21 de fevereiro, as declarações do IRPF 2014 devem ser entregues de 06 de março a 30 de abril. Segundo Dorival Dourado, presidente da Boa Vista Serviços, um dos objetivos da Receita Federal com essa nova funcionalidade é facilitar para o contribuinte e agilizar o processo de preenchimento. Dourado também explica que o e-CPF é uma versão digital do CPF, disponível às pessoas físicas que desejam fazer transações no ambiente virtual com a segurança que a assinatura digital proporciona.

Segundo a Receita Federal, esta novidade faz parte do projeto tecnológico de preenchimento automático dos dados de declaração do IRPF, nos modelos completo e simplificado. Em 2014, como divulgado em nota, ocorre a primeira fase do processo, quando apenas os contribuintes que possuem certificado digital, cerca de 1 milhão de pessoas, poderão ter acesso a essa funcionalidade. A decisão de escalonamento da implantação do projeto foi tomada em razão das questões de segurança que envolvem esse tipo de mudança. Em 2013, cerca de 26 milhões de pessoas físicas entregaram a declaração à Receita.

Com o e-CPF, o contribuinte ou um representante que possua certificação digital e detenha uma procuração eletrônica registrada na Receita, consegue agilizar o preenchimento e, ainda, fazer o acompanhamento do processamento da declaração. A Boa Vista Serviços atende o contribuinte interessado e que deseja se beneficiar desta facilidade. Os certificados digitais emitidos pela empresa podem ser adquiridos de forma rápida, com ótimo custo-benefício.

No endereço www.certificadoboavista.com.br é possível comprar um certificado digital e-CPF, agendar o melhor dia e horário para a validação presencial e, ainda, obter suporte técnico por meio de chat, se o mesmo for necessário. Ao fazer a compra de um certificado digital Boa Vista Serviços, o solicitante recebe por e-mail a confirmação do pedido e os devidos dados do agendamento para a validação presencial. Ao comparecer ao ponto de atendimento na data agendada, com os documentos obrigatórios, a pessoa já sai com o documento pronto para ser usado de imediato. Em todo o Brasil, a Boa Vista Serviços dispõe de pontos de atendimento em 15 estados. Localize o mais próximo na relação disponível no www.certificadoboavista.com.br

Comentários

comentários

Posts relacionados

Demanda por Crédito do Consumidor cai 0,7% no 1º semestre, segundo Boa Vista SCPC

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 0,7% no 1º semestre de 2017, em comparação ao 1º semestre de 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, junho apresentou estabilidade nos dados, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (julho de 2016 até junho…

Movimento do Comércio cai 3,2% no 1º semestre, diz Boa Vista SCPC

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, caiu 3,2% no acumulado no ano (1º semestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12…

47% dos consumidores inadimplentes estão muito endividados, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

O nível de endividamento elevado (muito endividado) atinge 47% dos consumidores inadimplentes, ou seja, que estão com o “nome sujo”, de acordo com a pesquisa nacional Perfil do Consumidor Inadimplente, realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com cerca de 1.500 respondentes. Em seguida, 26% se dizem mais ou menos endividados,…