Percentual de cheques devolvidos aumenta em outubro após quatro quedas consecutivas, afirma Boa Vista Serviços

Foram devolvidos 1,97% dos cheques movimentados em outubro. Percentual acumulado no ano é de 1,99%

O número de cheques devolvidos (2ª devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,97% em outubro de 2012, apontando um aumento depois de quatro quedas consecutivas do indicador. Em setembro essa proporção foi de 1,84% e em agosto atingiu 1,93%.

Este percentual é maior do que o registrado em outubro de 2011, quando o número de cheques devolvidos atingiu a proporção de 1,89% do total de cheques movimentados. No acumulado do ano até outubro, o percentual de cheques devolvidos é de 1,99% contra 1,89% observado no mesmo período de 2011. O gráfico 1 mostra a evolução recente dos dados citados.


Número de cheques devolvidos

Dados da Boa Vista mostram também que o número de cheques devolvidos (segunda devolução) no mês de outubro aumentou 24,7% em relação a setembro de 2012 e houve expansão dos cheques movimentados (16,0%), o que contribuiu para o aumento do índice.

No acumulado do ano, contra o mesmo período do ano anterior, houve queda no número de cheques devolvidos (-4,4%) e queda ainda maior no número total de cheques movimentados (-9,3%), por isso o aumento do índice na comparação entre os períodos.

Separando os cheques devolvidos de pessoas físicas e jurídicas, no acumulado do ano de 2012, a devolução para pessoas físicas foi 6,3% menor, enquanto que para pessoas jurídicas houve aumento de 1,4%, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Em comparação a outubro de 2011, observa-se um crescimento de 0,7% no total de cheques devolvidos e uma diminuição de 3,7% nos cheques movimentados.

Separando os cheques devolvidos de pessoas físicas e jurídicas, em relação ao mesmo mês do ano de 2011, a devolução para pessoas físicas foi 1,5% menor, enquanto que para pessoas jurídicas houve acréscimo de 7,4% nas devoluções. A tabela 1 resume parte dos dados citados.

 

Tabela 1 – Cheques

Período

Devolvidos (2ª devolução)

Compensados (Trocados)

Movimentados

Devolvidos/Movimentados

Out 2012

1.637.323

81.373.830

83.011.153

1,97%

Set 2012

1.313.263

70.236.920

71.550.183

1,84%

Out 2011

1.626.314

84.581.750

86.208.064

1,89%

Jan-Out 2012

15.561.825

766.928.710

782.490.535

1,99%

Jan-Out 2011

16.278.570

846.384.350

862.662.920

1,89%


[1] Desde maio de 2012 a Boa Vista passou a utilizar como base para o cálculo da proporção de cheques devolvidos o total de cheques movimentados e não mais o total de cheques compensados. Consideramos o total de cheques movimentados a soma do total dos cheques devolvidos (2ª devolução por insuficiência de fundos) com o total dos cheques compensados em um determinado período.

Acesse o PDF na íntegra, clique aqui.

 

Comentários

comentários

Posts relacionados

Número de novas empresas aumentou 6,6% no 1º trimestre de 2017, segundo Boa Vista SCPC

No 1º trimestre de 2017 o número de novas empresas cresceu 6,6% em relação ao mesmo período de 2016 (análise interanual), segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Em relação ao 4º trimestre de 2016 houve aumento de 29,2%. Forma jurídica Na análise por classificação de forma…

Inadimplência das empresas inicia 2017 com queda de 0,3%, diz a Boa Vista SCPC

A inadimplência das empresas em todo o país caiu 0,3% no 1º trimestre de 2017 quando comparada ao mesmo trimestre do ano anterior, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Depois de três anos consecutivos de alta do indicador na comparação interanual (1º tri de 2017 contra o…

Boa Vista SCPC: inadimplência do consumidor paulistano caiu 4,3% no 1º trimestre

A inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo teve queda de 4,3% no acumulado do ano (1º trimestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados da Boa Vista SCPC. Na comparação interanual (março-17 contra março-16), a inadimplência retraiu 8,4%. Contra o mês anterior (março-17 contra fevereiro-17) houve…